Série A > Rogerio Ceni

Vai dar match? Treinador português começa a seguir Flamengo e Rogério Ceni está cada vez mais ameaçado no Flamengo no Brasileirão

Mengão ganha seguidor ilustre e pretendente ao cargo

Treinador português ameaça Rogério Ceni no Mengão.
Treinador português ameaça Rogério Ceni no Mengão.

O sucesso que o Flamengo teve com Jorge Jesus foi o maior dos últimos tempos no futebol brasileiro. De junho de 2019 a julho de 2020 o treinador português faturou nada mais, nada menos, do que cinco títulos pelo Mengão como a Copa Libertadores da América, o Campeonato Brasileiro, Campeonato Carioca, Recopa Sul-Americana e Supercopa do Brasil. Mas a saída do técnico de 66 anos encerrou a boa fase do clube.

Logo após sua passagem, o espanhol Domènec Torrent comandou a equipe entre agosto e novembro do ano passado, mas não obteve sucesso no comando do Flamengo e ainda deixou o sistema defensivo mais exposto. Com Rogério Ceni desde novembro o time parecia ter se encaixado, mas as eliminações na Copa do Brasil e na Libertadores ligaram o sinal de alerta e seu cargo está ameaçado, principalmente após o “match” de um treinador português.

E não foi Jorge Jesus que seguiu a equipe, mas sim Rui Vitória, ex-técnico do Al-Nassr, da Arábia Saudita, que é fã do Flamengo. O técnico de 50 anos até foi cogitado na Gávea na parte final de 2020, mas acabou descartado na época. Porém, sem clube, pretende pensar melhor caso o Mengão faça uma busca por um novo comandante até o fim do Brasileiro em fevereiro e o treinador português já faz a lição de casa nas redes sociais.

Estima-se que o salário de Rui Vitória no Oriente Médio era de R$ 3,8 milhões mensais, algo fora da realidade do futebol brasileiro que viu Jorge Jesus ser o mais valioso ao receber R$ 1,5 milhão por mês e que seria o teto do Mengão para a chegada do novo europeu.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias