Série A > Jogadores

Tudo que o São Paulo passou no João Rojas sem ter jogado no tricolor

Atacante equatoriano está há mais de dois anos no São Paulo e renovou seu contrato em 2020

São Paulo gastou todo o dinheiro de Kaká.
São Paulo gastou todo o dinheiro de Kaká.

Mesmo com a derrota para o Corinthians no último final de semana, o São Paulo segue líder do Campeonato Brasileiro com quatro pontos a mais do que o segundo colocado Atlético-MG (50 a 46). Mas um problema apareceu para o Tricolor após a lesão de Luciano na partida e o desfalque do jogador por pelo menos uma semana.

De momento, o reserva imediato do atacante é Pablo, que oscila entre bons e maus momentos com a camisa do clube. Porém, outro atacante que ainda está no pensamento dos torcedores e que até o momento não correspondeu às expectativas é Joao Rojas, que tem sido muito atrapalhado pelas graves lesões no joelho direito. Contratado em julho de 2018 e com contrato até fevereiro próximo, o alto salário do atleta colocou uma estatística ruim ao time do Morumbi.

Durante todo o período de Rojas no Tricolor, o clube gastou a cifra milionária de R$ 22,4 milhões em salários e direitos de imagem. O valor se compara ao dinheiro da venda de Kaká ao Milan, da Itália, em 2003, quando o atleta despontou no Brasil. A transferência foi de £ 8,5 milhões (cerca de R$ 28,9 milhões na cotação da época).

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias