Série A > Flamengo

Ronaldo Fenômeno surpreende o Flamengo e você não vai acreditar em quantos milhões ele vai pagar por promessa para o seu clube

Maior artilheiro do Brasil em mundiais é presidente do Real Valladolid, da Espanha

Ronaldo Fenômeno surpreende o Flamengo e você não vai acreditar em quantos milhões ele vai pagar por promessa para o seu clube

O futebol brasileiro não consegue competir com o poderio financeiro estrondoso da Europa. O resultado disso são diversos jogadores, muitas promessas do futebol acabam siando muito cedo do país que não aproveita e não faz toda a formação do atleta da forma correta como deveria acontecer. E dessa vez o Flamengo nessa rota de colisão para perder mais um jogador, e quem pode fazer isso é justamente um brasileiro, Ronaldo Fenômeno, presidente do Real Valladolid.

O ex-atacante que é o maior artilheiro da Seleção Brasileira na história da Copa do Mundo com 15 gols, atualmente é empresário e mandatário do Real Valladolid, clube da primeira divisão da Espanha, a La Liga, e que mesmo sem o poderio de grandes clubes do país como Real Madrid, Barcelona e Atlético de Madrid não se compare ao time do Fenômeno, sua meta é tirar do Mengão uma grande promessa que recebeu poucas oportunidades no elenco profissional.

Daniel Cabral tem apenas uma partida pelo time principal do Flamengo, mas desde a base e também por ter sido campeão do mundo sub-17 em 2019, já chama a atenção da Europa e Ronaldo está disposto a fazer de tudo para arrancar o sonho do Mengão de permanecer com o atleta. E o preço não é nada modesto, a multa é de £ 100 milhões (cerca de R$ 655 milhões na cotação atual).

Por que Ronaldo quer arruinar o time do coração?

Não ter jogado pelo Flamengo é um dos arrependimentos do ex-atacante da Seleção Brasileira. Flamenguista quando criança, Ronaldo já disse em diversas oportunidades que também virou corintiano quando jogou no Timão e a mágoa do Flamengo pode se tornar em um recomeço ao reforçar o caixa rubro-negro por Daniel Cabral.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias