Série A > Flamengo

Problemas no Flamengo: o motivo da fúria de Rogério Ceni com Gabigol

Treinador está enraivecido com o craque do Mengão

Problemas no Flamengo: o motivo da fúria de Rogério Ceni com Gabigol
Problemas no Flamengo: o motivo da fúria de Rogério Ceni com Gabigol

O clima de fim de ano no Flamengo não é dos melhores e nem se compara com o fim do último ano. Em 2019 o Flamengo encerrou a temporada campeão brasileiro, campeão da Copa Libertadores da América e vice-campeão do Mundial de Clubes, mas com milhões em caixa pelo time que teve como protagonistas Diego Alves, Rafinha, Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabriel Barbosa. Desse quinteto apenas um jogador saiu, mas a áurea daquele time se perdeu com o campo e o extracampo dos jogadores.

Eliminado da Copa do Brasil e da Libertadores e com chances reduzidas de ser campeão nacional, Rogério Ceni tenta levar sua equipe para o último objetivo da temporada e precisa concentrar a equipe, mas o extracampo não ajuda o clube, principalmente o final de ano de Gabigol. Depois de voltar aos gramados em dezembro e fazer dois gols, o atleta decidiu aproveitar a virada de ano ao organizar uma festa para 50 convidados no Rio de Janeiro, segundo informações veiculadas na imprensa.

O caso segue o “exemplo” de Neymar que também dá uma festa para cerca de 500 convidados também no Estado do Rio de Janeiro e sem a preocupação com o novo coronavírus que faz do Brasil o terceiro país do mundo com mais casos, atrás de Estados Unidos e Índia, e o segundo com mais mortes, atrás apenas do país norte-americano. A atitude deve pesar internamente no elenco e quem mais tem a ganhar com esse fato é Pedro, centroavante que encantou os torcedores em 2020.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias