Série A > Palmeiras

Palmeiras-Diego Costa, um amor (quase) impossível

O Palmeiras ainda não perde a esperança de ter o jogador

Palmeiras-Diego Costa, um amor (quase) impossível

A possível contratação de Diego Costa, 32, pelo Palmeiras, atual campeão da América, se desvanece assim que começa (possibilidade). As altas taxas cobradas pelo atacante hispano-brasileiro, que vem ganhando perto de 10 'quilos' no Atlético de Madrid, é uma pedra intransponível para o Palmeiras e quase para qualquer time da América,o 'Verdao', um dos grandes de São Paulo, praticamente descartou a contratação.

As posições estão muito distantes. O Palmeiras, clube do qual Diego é torcedor no Brasil, poderia oferecer a ele apenas dois 'quilos' por ano, um salário bem diferente do que Costa vinha recebendo. Lembremos que o time que o contrata não deve pagar transferência, já que Costa fica livre após rescindir seu contrato com o Atlético.

Se o Palmeiras é b, o possível futuro do Costa na América fica complicado, em geral, por uma questão de salário. Costa, naquele possível contrato de dois milhões de euros anuais, ia ser um dos cinco jogadores mais bem pagos do país. Não é o único grande clube da América que se interessou pelo jogador, mas seu salário, novamente, é um obstáculo.

Lembremos que Costa, apesar de ter nascido no Brasil, nunca jogou na elite de seu país desde então. o seu Lagarto Nativo passou a ser propriedade do Sporting Braga português aos 17 anos, embora tenha sido repetidamente emprestado a outras equipas. Costa tem poucas hipóteses de poder assinar o resto da temporada por qualquer equipa, pois, embora seja um jogador livre agente e não entra nos termos do mercado, são poucas as ligas que têm uma longa jornada até o verão. A russa, por exemplo, ainda não começou seu segundo turno e pode ser uma opção. Veremos o que acontece.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias