Série A > Copas

Nem Colômbia nem Argentina. A Copa América 2021 tem uma nova sede e não é na América do Sul

Após um ano de suspensão devido à pandemia do coronavírus, a realização do maior torneio de seleções da América do Sul é complicada

A  Copa América pode ser tocada fora da américa do sul
A Copa América pode ser tocada fora da américa do sul

Nem Colômbia nem Argentina. A Copa América ainda não definiu seu anfitrião, devido aos conflitos surgidos nos últimos meses em que os países seriam os responsáveis pela realização do torneio. Por isso, a Conmebol está analisando uma solução para que a principal competição sul-americana não tenha que ser cancelada.

Assim, uma grande possibilidade seria que o torneio pudesse ser realizado nos Estados Unidos, como já aconteceu com a Copa América Centenário. Segundo relata o jornalista Diego Montalván, da Telemundo, o país norte-americano seria a opção da Conmebol para a realização do evento de futebol, caso a Argentina não aguente. Deve-se destacar que a Blu Radio de Colombia já assegurou essa possibilidade.

A Copa América 2021 está programada para acontecer de 13 de junho a 10 de julho, por isso, caso os Estados Unidos se tornem realidade como anfitriões, cruzariam a fase preliminar e o primeiro dia da fase de grupos da Copa de Ouro 2021 Portanto, a Concacaf e a Conmebol teriam que chegar a um acordo para não cruzar os estádios onde as partidas seriam disputadas.

A Copa América está programada para acontecer entre junho e julho de 2021. (Foto: AFP)

A Colômbia foi escolhida como uma das duas sedes da Copa América, porém, diante dos constantes protestos do país cafeeiro; e, a pedido do governo colombiano de adiar o torneio, a Conmebol decidiu retirá-los como anfitriões.

“Por motivos relacionados ao calendário internacional de competições e à logística do torneio, é impossível passar a Copa América 2021 para o mês de novembro”, disse a Conmebol em nota divulgada em seu site. Dessa forma, a Argentina deixou de ser a única sede da principal competição de seleções sul-americanas.

Embora não haja confirmação de que a Argentina deixará de sediar a Copa América, a verdade é que os problemas no país albiceleste se complicaram, devido aos novos casos de pandemia. Além disso, a Federação Argentina de Futebol (AFA) foi forçada a suspender os torneios profissionais devido à pandemia ocorrida em seu país.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias