Série A > Jogadores

Miguel Borja volta ao Palmeiras e faz apenas um pedido para Abel Ferreira antes do possível adeus ao clube

Atacante colombiano foi forçado a voltar ao Brasil

Borja faz um último pedido ao Palmeiras em sua volta.
Borja faz um último pedido ao Palmeiras em sua volta.

Após uma temporada no Junior Barranquilla, Miguel Borja está de volta ao Palmeiras. Na verdade, o atacante colombiano se apresentará ao clube no dia 10 de janeiro para resolver sua situação. Em seu país natal e jogando pelo clube de coração, Borja marcou 20 gols em 36 jogos e foi campeão da Superliga Colombiana. O camisa 9 até queria ficar, mas o clube de seu país não tinha condições financeiras para mantê-lo.

De volta ao clube, Borja acreditou que seria utilizado pelo Verdão na reta final da temporada, mas foi informado de que não faz parte dos planos de Abel Ferreira para a temporada de 2020, que será encerrada apenas ao final de fevereiro de 2021. E o atacante estava disposto a entrar em campo pelas semifinais e mostrar o porquê do Palmeiras o ter contratado em 2017, após fazer uma reta final espetacular de Copa Libertadores da América com o Atlético Nacional campeão daquele ano.

Diante de tais condições, a maior contratação da história alviverde, cerca de R$ 32,5 milhões, Miguel Borja faz apenas um apelo ao técnico português Abel Ferreira: uma chance para demonstrar seu valor e gratidão ao Palmeiras por ter aberto as portas do futebol brasileiro e até mundial para o atleta de 27 anos que pretende provar que ainda tem muito a comemorar com a camisa verde e branca nos próximo ano, sua última temporada de contrato com o clube.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias