Série A > Jogadores

Maior reforço do Corinthians em 2020, Jemerson não queria jogar no Timão e motivação é chocante

Defensor foi uma das principais contratações em 2020

Jemerson não queria jogar no Timão e motivo surpreende.
Jemerson não queria jogar no Timão e motivo surpreende.

O Corinthians tem em 2020 a meta de alcançar a classificação para a Copa Libertadores da América via Campeonato Brasileiro. Atualmente na nona colocação da competição com 39 pontos, o Timão está a cinco do Palmeiras, sexto colocado e que ficaria com a última vaga para o maior torneio sul-americano, porém a Copa do Brasil pode ajudar o clube, já que o Verdão e o Grêmio decidem o título e quem vencer vai direto para a fase de grupos e abre uma vaga no Brasileirão, hoje para o Fluminense, sétimo colocado com 40 pontos.

Com esse objetivo, as 11 decisões do clube até o fim de fevereiro devem ser emocionantes e Vagner Mancini tem a missão de manter o elenco concentrado e também dar chances ao recém-contratados. Dos últimos reforços, Fábio Santos, Rómulo Otero e Juan Cazares e Jô já assumiram a titularidade da equipe, ao contrário de Jemerson, Jonathan Cafú e Léo Natel, mas no caso do zagueiro a situação era o longo período de 11 meses sem entrar em campo e sua estreia no Timão no fim de dezembro contra o Botafogo o coloca como favorito na dupla de zaga com Gil.

Mas o desejo de Jemerson não era vir ao Corinthians, e sim continuar na França, pelo Mônaco. O que fez o defensor de 28 anos mudar de ideia foi a promessa de ser titular de uma das maiores equipes do país, mas que vive um processo de reconstrução do elenco e que o comando de Mancini fez a diferença para que o atleta se sentisse a vontade em seu retorno ao Brasil e tem tudo para cair nas graças dos torcedores

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias