Série A > Flamengo

Lincoln vai contra a vontade de Rogério Ceni e agora sua saída milionária está a beira do caos no Flamengo

Jovem atacante ainda vive dilema no Flamengo

O novo e polêmico capítulo de Lincoln no Flamengo.
O novo e polêmico capítulo de Lincoln no Flamengo.

No dia 18 de novembro de 2020, no jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil,  o Flamengo foi derrotado pelo São Paulo por 3 a 0 no Morumbi, 5 a 1 no agregado, e deu adeus ao segundo maior torneio nacional. A partida também marcou os últimos lances de Lincoln com a camisa rubro-negra ao entrar aos 34 minutos da segunda etapa. Desde então, a vida do jovem atacante jamais foi a mesma.

Acostumado a interagir nas redes sociais, Lincoln fez sua última postagem em outubro em suas redes sociais e apenas compartilhou outras publicações em dezembro e janeiro, mas nada sobre sua vida ou carreira no clube. Rogério Ceni, descontente com a promessa de 20 anos, rebaixou o jogador para o time sub-20 do Mengão, recusado inicialmente por Lincoln, mas conformado logo após as propostas para sair do clube.

E muitas equipes pelo mundo querem contar com Lincoln em seu elenco como o Pafos FC, do Chipre, o Huddersfield Town, da Inglaterra, o FC Cincinnati, dos Estados Unidos, e o Vissel Kobe, do Japão, este último o que mais chamou a atenção do jogador por ser liderado pelo craque Andrés Iniesta, um dos melhores jogadores de todos os tempos e que teria Lincoln como parceiro em seu time pelo menos por seis meses de empréstimo, com opção de compra de R$ 20 milhões.

Mas Rogério Ceni pode estar a pensar novamente na situação e até a possibilidade de reintegrar o jogador caso a venda não se concretize, mas após idas e vindas, as redes sociais de Lincoln devem voltar a ficar movimentadas nas próximas semanas como o atleta em sue novo clube e bem provavelmente ao lado de Infesta.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias