Série A > Flamengo

Falou mal do Rogério Ceni e agora sabe o que o Felipe Luís falou sobre o Simeone

Felipe Luis é um dos craques que o Flamengo tem

Falou mal do Rogério Ceni e agora sabe o que o Felipe Luís falou sobre o Simeone

O lado brasileiro Filipe Luis é uma das vozes autorizadas a falar do Atlético Madrid e de Diego Simeone, não só por ser um dos estrangeiros com mais jogos no colchão, mas porque depois de começar a estudar a carreira de treinador fez uma crítica ao trabalho do 'Cholo'.

“Em cada treino ele pediu o máximo, mas não é muito bom para lidar com as pessoas. Não é fácil para ele se relacionar com os jogadores. É difícil para ele entender as características de cada pessoa, mas de vez em quando engole o orgulho ”, disse Filipe Luis em entrevista ao‘ O Globo ’.

O brasileiro reconheceu que o DT tem diferentes formas de fazer justiça. “Teve vários episódios como o do João Félix com a garrafa ou do Suárez que ficava zangado com a mudança. Digamos que com alguns jogadores você tenha relações amigáveis, com outros você seja mais profissional. Ele parece se dar bem com todo mundo, mas não é o melhor nesse quesito ”, disse o jogador do Flamengo.

Filipe Luís, por sua vez, deu um dos seus treinadores preferidos como exemplo. "O Simeone é capaz de lidar com jogadores de futebol? De certo modo. Mas ele não é um dos melhores com quem trabalhei nesse aspecto. Tite é ótimo nisso, faz com que todos se sintam importantes e sua capacidade de conversar com os jogadores é excepcional ”, lembrou o jogador sobre o técnico da Seleção Brasileira.

"Ele pode mudar a tática no meio do jogo"
Nem tudo era crítico para ‘Cholo’ Simeone, que ele reconheceu como estando aberto para discutir questões táticas. “Ele acredita no que faz. Os onze jogadores têm que trabalhar muito. Ele pode mudar de tática no meio do jogo e se adapta muito bem ao adversário. Às vezes eu gostaria que tivéssemos mais posse, mas o que posso dizer? Para o Atlético de Madrid, ele é o melhor treinador que existe ”, disse.

O atual lateral do Flamengo também aproveitou para destacar a criatividade de José Mourinho: “Tenho muitos treinos marcados. De Mourinho, Jorge Jesús, Simeone ... Passei por todos eles. Os de Mourinho foram os melhores até agora. Eles eram dinâmicos, intensos. As de Jorge Jesús foram quase sempre iguais. Simeone treinou de acordo com o rival. Na minha opinião, a defesa exige mais trabalho do que o ataque. Será minha prioridade. Uma equipa que não sofre golo é uma equipa que ganha títulos ”.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias