Série A > Saopaulo

Esse é todo o dinheiro que Tchê Tchê custou aos cofres do Tricolor e briga com Diniz pode trazer prejuízo irreparável

Volante está em baixa no Tricolor paulista

Esse é todo o dinheiro que Tchê Tchê custou aos cofres do Tricolor e briga com Diniz pode trazer prejuízo irreparável
Esse é todo o dinheiro que Tchê Tchê custou aos cofres do Tricolor e briga com Diniz pode trazer prejuízo irreparável

O São Paulo começou o ano com derrota, 4 a 2 para o Red Bull Bragantino, mas o placar esteve bem além de um simples revés da equipe no longo Campeonato Brasileiro, mas abalou as estruturas do clube do Morumbi principalmente com o ápice do momento com a ácida discussão entre Fernando Diniz e Tchê Tchê que parece ultrapassar os limites do campo e chegar aos limites financeiros.

Desde abril de 2019, quando o volante chegou ao São Paulo após passagem pelo Dínamo de Kiev, da Ucrânia, Tchê Tchê oscilou entre bons e maus momentos, mas apareceu em importantes oportunidades para poder ajudar o São Paulo nas competições. O conflito com Fernando Diniz, porém, escancarou as dificuldades do meia na equipe e sua expulsão no último jogo deu razão para o retorno das críticas ao seu futebol, mesmo com o gol marcado e pelo salário milionário que fatura.

Pelo São Paulo, o atleta de 28 anos tem vencimentos mensais de R$ 450 mil e como tem contrato até março de 2023, ou seja, quatro anos de contrato, o Tricolor já gastou com Tchê Tchê cerca de R$ 9,4 milhões em salários e ainda tem R$ 12,1 milhões até o final de seu acordo, um dinheiro que precisa dar retorno em títulos e a cobrança sobre o atleta aumenta dia após dia.

Tchê Tchê tem 86 jogos e três gols pelo São Paulo e completa em março dois anos de clube. Com a seca de títulos de oito anos do clube, ainda não faturou uma taça no Tricolor, e o título brasileiro é o troféu tão esperado para acabar com o incômodo jejum.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias