Série A > Flamengo

Essa é a condição de Rafael Borré para fazer a melhor dupla de ataque com Gabigol no Flamengo e vencer a Libertadores

Atacante é um dos melhores da América do Sul

Essa é a condição de Rafael Borré para fazer a melhor dupla de ataque com Gabigol no Flamengo e vencer a Libertadores
Essa é a condição de Rafael Borré para fazer a melhor dupla de ataque com Gabigol no Flamengo e vencer a Libertadores

Flamengo e River Plate decidiram a Copa Libertadores da América 2019, no Estádio Monumental de Lima, no Peru, com vitória de 2 a 1 para os brasileiros, dois gols de Gabriel Barbosa em quatro minutos, entre os 44 e 47 minutos do segundo tempo, e Rafael Borré anotou para os argentinos. Passado e futuro jamais estiveram tão próximos e Gabigol e Borré podem fazer dupla de ataque em 2021 no Mengão.

Desde quinta-feira (31/12) Rafael Borré pode assinar um pré-contrato com qualquer clube, já que seu contrato vai até 30 de junho de 2021. Dessa forma o Flamengo pensa em fazer um pacotão de reforços do rival que envolve o nome de Nicolás De La Cruz e Gonzalo Montiel que se enquadram neste mesmo quesito de Borré. Porém, a parte financeira pesa mais uma vez para que o rubro-negro realize o sonho de ter o artilheiro do Mundial de Clubes de 2018.

O atacante colombiano de 25 anos pede £ 10 milhões (cerca de R$ 63 milhões na cotação atual) somente de luvas para aceitar a proposta do clube e um salário de mais de R$ 1 milhão por mês para assinar com o atual campeão da Libertadores. No Flamengo há outros atletas com salário superior a Borré, mas a pedida inicial de luvas não agrada a diretoria rubro-negra que quer ter a melhor dupla de ataque do continente.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias