Série A > Flamengo

Enquanto Arrascaeta decepcionou Rogério Ceni, veja o que Diego Alves faz para conquistar a titularidade e o Brasileirão pelo Flamengo

Experiente goleiro segue com confiança no Mengão

Diego Alves toma atitude radical contra crise no Mengão.
Diego Alves toma atitude radical contra crise no Mengão.

Nos piores momentos surgem os maiores líderes de cada grupo. No caso do Flamengo, que não vence há três jogos, dois neste ano, a crise instaurada é a pior dos últimos anos do clube e jamais o Mengão esteve tão frágil quanto agora. Mas, são os líderes que mantém o elenco com o foco em se reerguer, e assim Diego Alves chamou a liderança para si mais uma vez no clube, atitude diferente de outros atletas do rubro-negro.

Se o goleiro quer levantar o clube para as últimas dez partidas do Brasileirão, Arrascaeta parece ter parado no atrito com Rogério Ceni e também na desconfiança do grupo por não acreditar mais no título brasileiro e considerar que o Flamengo não merece ser campeão. Diego Alves adotou uma linha mais conciliadora, de juntar os cacos para os próximos desafios.

Em sua rede social, o arqueiro de 35 anos rebateu mais uma vez as críticas e as acusações feitas por parte da imprensa de que o grupo está dividido e que há muito atrito no vestiário do Mengão. Diego Alves disparou ao dizer que a única “panela” que existe é a do Flamengo que ainda está vivo na temporada para buscar o bicampeonato nacional, mesmo a sete pontos do líder São Paulo (56 a 49).

Após acertar sua renovação por mais uma temporada, Diego Alves aumentou seu salário mensal para cerca de R$ 700 mil, um dos maiores do elenco, mas se torna um verdadeiro líder no momento que o clube mais precisa dele. Lesionado, o goleiro não joga desde o dia 20 de dezembro do ano passado e não tem previsão de retorno aos gramados.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias