Série A > Flamengo

Bruno Henrique entrega falhas de Rogério Ceni no Flamengo e dá receita do sucesso ao Mengão

Atacante apontou diferenças cruciais entre Jesus e Ceni no Flamengo

Bruno Henrique entrega falhas de Rogério Ceni no Flamengo e dá receita do sucesso ao Mengão
Bruno Henrique entrega falhas de Rogério Ceni no Flamengo e dá receita do sucesso ao Mengão

O ano de 2021 era aguardado pelos torcedores do Flamengo para dar algum alento ao clube que sofreu na segunda parte da temporada de 2020, mas a derrota para um dos maiores rivais, o Fluminense, logo na primeira partida do ano pelo Campeonato Brasileiro 2020 já desanimou quem esperava mudanças significativas na equipe de Rogério Ceni na virada de ano, mas não de temporada.

Um dos atletas que mais sentiu a temporada em relação ao inesquecível ano de 2019 foi Bruno Henrique, que tinha anotado 35 gols no ano em que foi campeão estadual, nacional e continental, enquanto na atual temporada foram apenas 18 gols marcados em 43 partidas e o atacante ainda tem 11 jogos para chegar mais perto da marca, mas com Rogério Ceni ficou ainda mais difícil.

O atacante confirmou em entrevista coletiva que desde a saída de Jorge Jesus a equipe perdeu intensidade nos treinamentos e isso reflete nos jogos e aproveitou para criticar o trabalho de Domènec Torrent, já que o espanhol não conseguia manter um padrão de jogo favorável ao elenco. Em pouco menos de dois meses Rogério Ceni foi eliminado da Copa do Brasil e da Copa Libertadores da América

Para o restante da temporada vai ser preciso melhorar ainda mais o rendimento da equipe com o ataque formado por Bruno Henrique, Pedro e Gabriel Barbosa, mas os atritos de Ceni com Arrascaeta e a má fase de Everton Ribeiro não potencializam o sistema ofensivo da equipe.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias