Série A > Copas Internacionais

Brasil mostra novo trio ofensivo no último treino antes do Paraguai

Brasil tem a melhor largada para o Brasil em uma fase de eliminatórias.

Brasil mostra novo trio ofensivo no último treino antes do Paraguai

A seleção brasileira exibiu nesta segunda-feira um novo trio ofensivo titular, com Neymar, Richarlison e Gabriel Jesús, em seu último treino antes de viajar para Assunção, onde na terça-feira enfrentará o Paraguai em partida pelas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 do Catar.

A modificação foi evidenciada pelo técnico brasileiro, Adenor Leonardo Bacchi 'Tite', no treinamento que comandou nesta segunda-feira em Porto Alegre, onde Canarinha venceu o Equador por 2 a 0 na última sexta-feira.

Se o novo trio de atacantes se confirmar, o atacante Gabriel Jesús vai retomar a vaga de Gabriel Barbosa 'Gabigol', artilheiro do Flamengo, que voltou à Seleção após vários meses de ausência.

Brasil com os jogadores do estrangeiro

Gabigol aparentemente teve a oportunidade de titular porque Gabriel Jesús só ingressou na Seleção Brasileira na terça-feira da semana passada, três dias antes do jogo com o Equador, depois de ter jogado com o Manchester United na final da Liga dos Campeões. Da Europa, que também foi vencido pelo Chelsea da Inglaterra.

Enquanto Gabigol treinava na segunda-feira com as reservas teóricas, Gabriel Jesús o fazia com as possíveis manchetes, atuando como atacante da direita em um ataque que teria Neymar no centro e Richarlison na esquerda.

Tite também mostrou que ainda tem dúvidas sobre os titulares no meio da quadra para o jogo de terça-feira em Assunção, pois testou tanto Fred como segundo meio-campista de contenção quanto Roberto Firmino, atacante que atuou nos treinos mais atrasado como meio-campista criativo.

Nrasil ganhou a Equador

O técnico também testou Everton Ribeiro, meio-campista do Flamengo, que vinha atuando como titular nesta localidade, mas não alinhou contra o Equador porque disputou a seleção nacional com uma leve lesão.

O trio no meio da quadra na partida contra o Equador era formado por Casemiro, Fred e Lucas Paquetá, mas o Brasil teve dificuldades em montar as jogadas até que Tite optou por sacrificar Fred, seu segundo meio-campista, e dar lugar a Roberto Firmino .

Caso Everton Ribeiro não tenha condições de voltar a jogar contra o Paraguai, a posição será disputada por Fred e Roberto Firmino. Para o jogo com o Paraguai, Tite terá à disposição Douglas Luiz, que não atuou contra o Equador porque teve que cumprir suspensão e foi substituído por Rodrigo Caio, que nesta segunda-feira não compareceu aos treinos.

Caso Tite confirme a titularidade que utilizou nos treinos desta segunda-feira, o Brasil enfrentará o Paraguai com a seguinte escalação: Alisson; Danilo, Éder Militão, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro, Fred (Everton Ribeiro ou Roberto Firmino) e Lucas Paquetá; Gabriel Jesús, Neymar e Richarlison.

Neymar quer ser artilheiro da seleção

O Brasil é o líder absoluto nas eliminatórias sul-americanas com cinco vitórias nos cinco jogos e 15 pontos, quatro a mais que sua guarda imediata, a Argentina (11). Nos treinos desta segunda-feira, o silêncio dos jogadores e o clima rarefeito reinaram com a decisão da Conmebol de transferir a Copa América para o Brasil, após a renúncia de Colômbia e Argentina para organizar o torneio.

Segundo notas para a imprensa, os jogadores da Seleção Brasileira, que defendiam um boicote à Copa América devido à sua transferência para um país com problemas para controlar a pandemia, decidiram jogar a competição apesar de manterem sua insatisfação com a decisão.

Romario Paz

Lic. em comunicação social, graduado pela Universidade Central do EquadorJornalista esportivo com experiência em Rádio Televisão e mídia digital. Boa pessoa para caramba!+ info

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias