Série A > Flamengo

Arrascaeta não esconde o clima pesado, sua vontade de sair do Mengão ganha força, mas acabaria em uma das piores ligas da América do Sul

Jogador uruguaio não está feliz com Rogério Ceni no Flamengo

Arrascaeta pode parar em uma das piores ligas do continente.
Arrascaeta pode parar em uma das piores ligas do continente.

A difícil caminhada do Flamengo com Rogério Ceni parece rumar para medidas drásticas nas próximas semanas no atual campeão brasileiro da Copa Libertadores da América. A derrota para o Ceará em pleno Maracanã faz com que a diretoria rubro-negra se mexa para transformar o Flamengo em busca de seu principal objetivo, que é a conquista do Brasileirão em fevereiro, mas 2021 mostra que o time está bem longe do sucesso.

As duas derrotas no ano e o segundo pior aproveitamento de um treinador no Flamengo nos últimos dez anos faz com que os atletas se sintam pressionados e escolham ser contra Rogério Ceni neste momento, assim como a forte declaração de Diego após o jogo e a indignação de Arrascaeta na derrota diante do Fluminense ao afirmar que o Mengão não merece o título e reconhece que o Flamengo pode até não o merecer.

Em diversas entrevistas, o meia de 26 anos já revelou o desejo de atuar pelo Peñarol, do Uruguai, seu time de infância, e caso a situação no Flamengo não mude não seria estranho ver Arrascaeta nesse novo destino em uma liga pouco competitiva no cenário sul-americano, mas que tem uma das maiores rivalidades mundiais entre Peñarol e Nacional.

Mesmo com a possibilidade, existe também a chance de Rogério Ceni sair do Flamengo ainda em janeiro e além do desejo em Jorge Jesus, Domènec Torrent, Rui Vitória e Lisca aparecem como possíveis substitutos do atual comandante que não tem bom desempenho e que já comprou briga com o milionário elenco do Mengão.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias