Série A

Se Thiago Maia está de saída, o volante de R$ 37 milhões que chega no Flamengo

Por Tomas Porto

 Se Thiago Maia está de saída, o volante de R$ 37 milhões que chega no Flamengo

Meio campista atua no futebol europeu e pode ser reforço do Mengão

Síguenos enSíguenos en Google News

Vasco e Flamengo farão neste domingo (4), a partir das 19h, o primeiro clássico do Campeonato Carioca 2024. O jogo é válido pela quinta rodada da competição. Os times chegam em momentos distintos para a partida que será disputada no estádio do Maracanã. A promessa é de que todos os ingressos sejam vendidos para um dos confrontos mais importantes do futebol brasileiro.

O Flamengo ocupa a sexta colocação, com oito pontos, mesma situação do Vasco, o sétimo. O Gigante da Colina, contudo, tem uma partida a mais. Para o jogo, o técnico Tite deve utilizar o quarteto poupado no meio de semana: os atacantes Pedro e Everton Cebolinha, o zagueiro Fabricio Bruno e o lateral Varela.

Por outro lado, em meio ao primeiro clássico em 2024, o Mengão ainda convive com algumas perspectivas de chegadas e saídas para este início de temporada. Quem entra neste contexto é o meia Thiago Maia, que negocia sua saída com o Internacional. Apesar das conversar terem esfriado nos últimos dias, a expectativa é de uma resolução nesta semana e com a saída do camisa 8 Rubro-Negro.

Projetando este cenário, a diretoria do Mengão visa a contratação de um destaque do futebol italiano, avaliado em R$ 37 milhões e tendo o aval de Tite para integrar o estrelado elenco flamenguista.

Flamengo tenta a contratação de Marco Antônio

De acordo com o jornalista Fabrizio Romano, a Lazio não pode encerrar o empréstimo ao PAOK (Grécia) até o final da temporada, com isso, o meia brasileiro Marco Antônio ficou distante do Fla nesta janela de inverno europeu. No entanto, as conversas entre o clube carioca e a equipe italiana são positivas e a negociação tem grandes chances de se concretizar em julho, na janela do verão europeu.

Marcos Antônio está na Europa desde a temporada 2018. Ele deixou o Athletico Paranaense ainda nas categorias de base e se transferiu ao Estoril, de Portugal. De lá foi ao Shakhtar Donetsk, onde se destacou por quatro temporadas.


Mais notícias