Série A

Nem Soteldo, nem Diego Costa, o craque de R$ 300 milhões que é a esperança do Grêmio contra o The Strongest

Por Romario Paz

Soteldo com a camisa do Grêmio e Diego Costa com a camisa do Grêmio

Imortal começa logo mais sua caminhada em busca do tetracampeonato da Libertadores

Síguenos enSíguenos en Google News

O Grêmio enfrenta o The Strongest, às 21h desta terça-feira, no Estádio Hernando Siles, em La Paz, na Bolívia. A partida é válida pela primeira rodada da fase de grupos da Libertadores. Para o duelo, o Imortal leva um retrospecto positivo de embates contra equipes bolivianas. Como mandante, que não é o caso desta terça (2), mas vale destacar, os números são de 100%, com seis vitórias em seis partidas disputadas.

Do outro lado, jogando como visitante, a equipe conquistou cinco triunfos e duas derrotas em sete jogos disputados a muitos metros acima do nível do mar. No entanto, o último triunfo do Grêmio jogando na Bolívia pela Libertadores foi contra o Aurora, pela mesma competição continental, no ano de 2009.

Portanto, o Grêmio está envolvido nas finais do Campeonato Gaúcho. Depois do empate com o Juventude no sábado, o Tricolor levou reservas e jovens da base para a partida em La Paz. O Imortal venceu uma vez e perdeu outra no Hernando Siles para o Bolívar, em 1983 e 2003, respectivamente. Será o primeiro confronto com o The Strongest na história.

Sem as estrelas Soteldo e Diego Costa, o Tricolor Gaúcho deposita suas fichas em outro atacante. Trata-se da promessa Nathan Fernandes, destaque no início de Gaúchão deste ano e é a principal esperança de engordar os cofres gremistas em um futuro não tão distante, que será titular logo mais contra os bolivianos.

Nathan Fernandes é a esperança do Grêmio para as próximas temporadas

De acordo com informações apuradas e trazidas pelo jornalista Kaliel, que cobre o Tricolor Gaúcho, na Rádio Bandeirantes, a equipe já blindou a joia que vinha se destacando nas categorias de base. A diretoria não perdeu tempo e tem um contrato longo e com multa alta com a joia.

Segundo Kaliel, Nathan tem contrato com o time comandado pelo treinador Renato Gaúcho até a temporada de 2028, ou seja, ele ainda tem cinco anos de contrato. Além disso, sua multa rescisória para o exterior é de cerca de R$ 300 milhões.


Mais notícias