Série A

Joia criada por Ronaldo, agora Flamengo e Atlético-MG brigam para contratar ele

Por Romario Paz

O jovem jogador está sendo disputado pelos gigantes brasileiros

O jovem jogador está sendo disputado pelos gigantes brasileiros

Síguenos enSíguenos en Google News

A movimentação nos bastidores do futebol brasileiro envolve uma das grandes promessas da nova geração: o meia Gui Ruck, de apenas 15 anos. Com passagem pelo Real Valladolid, clube do lendário Ronaldo Fenômeno, o jovem talento está próximo de um acordo com Flamengo ou Atlético-MG.

R$ 200 milhões, a incrível proposta que chega na mesa do Corinthians é surpreendente

Gui Ruck é conhecido por sua habilidade com a perna esquerda e tem chamado a atenção de diversos clubes europeus por suas performances em torneios e amistosos pelo Real Valladolid. Times como Real Madrid, Barcelona e PSG demonstraram interesse no jovem, mas a ideia de retornar ao Brasil e consolidar sua carreira como uma jovem promessa local, buscando também uma convocação para a Seleção, foi o que pesou na decisão.

Para o staff de Gui Ruck, a conclusão de sua formação em um grande clube brasileiro, aliada à visibilidade e às possíveis convocações para as seleções de base, pode elevar o patamar do jogador no futuro, com a possibilidade de um retorno ao futebol europeu. As negociações com Flamengo e Atlético-MG continuam, e o destino do jogador deverá ser definido nas próximas semanas.

R$ 200 milhões, a incrível proposta que chega na mesa do Corinthians é surpreendente

Joia brasileira pode pintar no Flamengo ou Atlético-MG

Representantes de Gui Ruck estão no Brasil há alguns dias e já se reuniram com ambos os clubes para discutir a possível transferência. Recentemente, o jogador visitou as instalações tanto do Ninho do Urubu, sede do Flamengo, quanto da Arena do Galo, do Atlético-MG.

O plano para o jovem é concluir sua formação no Brasil, o que o aproximaria das seleções de base do país. Vestir a camisa da Seleção Brasileira desde as categorias inferiores é um dos objetivos tanto do jogador quanto de sua equipe de apoio.


Mais notícias