Qatar 2022

Justiça da Espanha faz revelações inéditas, e caso de Daniel Alves pode ter um fim

Por Jorge Dias

Justiça da Espanha faz revelações inéditas, e caso de Daniel Alves pode ter um fim

Machucado no joelho da vítima é prova crucial contra o brasileiro

Síguenos enSíguenos en Google News

O UOL divulgou que os machucados no joelho da jovem que acusa Daniel Alves são provas cruciais contra o brasileiro. O portal teve acesso a documentos e imagens do processo em que o ex-jogador é acusado de abuso. De acordo com o UOL é possível ver nas gravações das câmeras de segurança a vítima chorando e com dificuldade para caminhar. “A mulher que acusa Daniel Alves apresenta dificuldade para caminhar; ela mostra o joelho ferido para a amiga e começa a chorar”, diz a reportagem.

Em sua versão a polícia, a jovem comentou que foi voluntariamente até o banheiro, mas que Daniel Alves a impediu de sair e a machucou. “Fui voluntariamente ao banheiro e, após darmos alguns beijos, disse que queria ir embora, mas ele [Daniel Alves] disse que não. Ele começou a me dizer coisas desagradáveis, como ‘você é minha vadia’ e começou a me bater. Ele jogou minha bolsa no chão e me bateu”, relatou.

Mais notícias do Futebol Brasileiro: 

O jogador de luxo, e destaque na Copa do Mundo, que será reforço do Internacional

Loucura, Luxemburgo solta verdades sobre o momento do Corinthians após nova derrota

O UOL também revelou que é possível ver o momento em que a jovem encontra um segurança da boate. "Ainda chorando, a mulher que acusa Daniel Alves explica ao funcionário o que aconteceu e volta a mostrar o joelho ferido; o segurança chama o gerente da Sutton”.

Pelo outro lado, Daniel Alves confessa ter mantido relação com a jovem, mas alega consentimento. "Se eu a tivesse visto na saída, eu a teria parado para perguntar o que havia acontecido com ela porque até então estava tudo bem, tanto quanto eu poderia dizer , "nós queríamos"… Fui simplesmente cúmplice do desejo que ela tinha ou dos que eu tinha", disse Alves em seu último depoimento. 

Advogado de Daniel Alves contestou a versão da vítima

Cristóbal Martell, advogado de Daniel Alves, contestou a versão da vítima em entrevista a TV da Espanha. “Essa história de medo e pavor não condiz em nada com o que se pode ver nas imagens do momento anterior na mesa VIP, onde já foi demonstrado que houve cortejo", disse.

Tópicos


Mais notícias