Qatar 2022

Chegou para ganhar a Liga dos Campeões e acabou fracassando

Por Romario Paz

Chegou para ganhar a Liga dos Campeões e acabou fracassando

Brasileiro chegou ao clube em 2017 e foi vice-campeão europeu em 2020

Síguenos enSíguenos en Google News

Neymar é o principal nome do futebol brasileiro atuando no exterior há muito tempo. Desde a época em que defendia o Barcelona, o nome do craque tem sido comentado nos holofotes. Em 2017, o atacante fez uma mudança surpreendente ao trocar o time espanhol pelo Paris Saint-Germain, da França, fazendo o inverso de Ronaldinho Gaúcho. O pentacampeão havia trocado os parisienses pelo Barça em 2003, e o resto é história.

Porém, na capital francesa, o craque revelado pelo Santos não conseguiu conquistar o que ele tanto queria: a Liga dos Campeões da Europa. Campeão em 2015 pelo time espanhol, ele também foi protagonista, em 2017, da épica virada por 6 a 1 sobre o time francês, após o Barça ter levado 4x0 na partida de ida na França. Em 2020, porém, Neymar chegou perto demais de seu grande objetivo, mas ficou no quase.

Mais notícias do Futebol Brasileiro:

Renato Gaúcho revelou que jogador do Grêmio estava jogando lesionado, irresponsabilidade

Árbitro mostra que o São Paulo foi extremamente prejudicado contra o Corinthians, roubo

Na ocasião, o camisa 10 foi decisivo nos jogos da fase mata-mata, contra a Atalanta-ITA e o Red Bull Leipzig-ALE, levando o time francês à sua primeira final de Champions League na história. Mesmo se esforçando e tendo Kylian Mbappé como seu parceiro de ataque, Ney não conseguiu levar os parisienses ao título, sendo derrotados na grande final em Lisboa pelo Bayern de Munique pelo placar mínimo de 1 a 0.

Neymar e PSG

Agora, o brasileiro está de saída. Muito criticado por suas lesões e por causa das festas que faz quando não está jogando, Neymar deve ter a Inglaterra como destino. O Manchester City, do técnico Pep Guardiola, aparece como o principal candidato, já que o PSG quer a contratação do português Bernardo Silva, e estuda usar o camisa 10 da Seleção Brasileira como moeda de troca na transação.

Tópicos


Mais notícias