Qatar 2022

A declaração inacreditável dos advogados de Daniel Alves que colocou tudo a perder

Por Jorge Dias

A declaração inacreditável dos advogados de Daniel Alves que colocou tudo a perder

Defesa do brasileiro entrou com um novo pedido de liberdade provisória

Síguenos enSíguenos en Google News

A defesa de Daniel Alves entrou com um novo pedido de liberdade provisória no último dia 16. O UOL teve acesso ao documento e divulgou trechos. Na reportagem, o portal declara que os advogados afirmam que houve claro interesse da vítima e que “imagens gravadas se vê claramente dois adultos desenvolvendo um jogo erótico preliminar".

Em outro trecho do pedido, a defesa de Daniel Alves volta a reforçar a tese de consentimento da vítima e que a jovem provocou o ex-jogador durante a festa. “Em algum momento, se vê a jovem colocando-se de costas ao atleta, contorcendo-se e roçando os glúteos em movimento com a zona pélvica do denunciado ao ritmo da música”, escreveu a defesa.

Mais notícias do Futebol Brasileiro: 

Enquanto Vinícius Júnior ganha R$ 50 milhões, o salário de Paquetá na Premier League

Revelado o carro de Neymar que só existem outros 9 no mundo e ele levará para Manchester

O UOL também teve acesso as câmeras de segurança da boate Sutton no dia em que o crime aconteceu. De acordo com as informações, é possível ver o momento em que a vítima deixa o banheiro que esteve com o brasileiro. "A mulher que acusa Daniel Alves apresenta dificuldade para caminhar; ela mostra o joelho ferido para a amiga e começa a chorar", diz a reportagem.

Nas imagens também é possível ver o momento em que a jovem encontra com um funcionário da boate e fala sobre o ocorrido. "Ainda chorando, a mulher que acusa Daniel Alves explica ao funcionário o que aconteceu e volta a mostrar o joelho ferido; o segurança chama o gerente da Sutton”, escreveu o UOL.

Daniel Alves confessou ter tido relação com a jovem

Em seu último depoimento, Daniel Alves confessou ter tido relação com a jovem, mas alegou consentimento. O brasileiro ainda afirmou que foi ‘cúmplice’ do desejo que ele e a vítima tinham.

 

Tópicos


Mais notícias