Lendas

Campeão importante da Seleção em 2002, detona postura de ex-companheiro

Por Romario Paz

Campeão importante da Seleção em 2002, detona postura de ex-companheiro

Jogador importante em título da Seleção Brasileira detona antigo companheiro

Síguenos enSíguenos en Google News

A Seleção Brasileira vai chegar, em 2026, a 24 anos sem conquistar a Copa do Mundo. E esse jejum já esteve presente na vida da amarelinha antes, no período de 1970 a 1994, entre o tricampeonato com o “esquadrão de ouro”, comandado pelo rei Pelé, até o tetracampeonato com Romário, Bebeto, Taffarel, Dunga, Mauro Silva & cia. A conquista nos Estados Unidos tirou o Brasil da fila, e o tornou o maior campeão mundial.

Em 1998, na França, o baixinho até foi convocado para disputar o Mundial, mas acabou cortado antes da estreia no torneio, por conta de uma lesão na coxa direita. Já Bebeto, seu parceiro na conquista do tetra, disputou o torneio e até chegou a marcar alguns gols, mas o penta não veio, já que os anfitriões da competição conquistaram o seu primeiro título ao bater o Brasil por 3 a 0 na final.

Mais notícias do Futebol Brasileiro:

Crise no Grêmio, presidente elogia, mas joga tudo no ventilador sobre Renato Gaúcho

Ele é melhor que Cebolinha, e pode ser o reforço que Sampaoli precisa no Flamengo

Porém, a relação tão boa que Romário e Bebeto sempre tiveram, parece ter ido por terra por conta de política no Brasil. Enquanto o camisa 11 apoiou de forma ferrenha o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), então candidato à reeleição, o camisa 7 apoiou o atual presidente, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que venceu as eleições: “Me traiu na política, pulou de galho. Não briguei com ele, ele só me traiu. Infelizmente é assim” – disse o ex-jogador do Barcelona.

Chumbo trocado

Sem recuar, o ex-jogador do Deportivo La Coruña respondeu o parceiro de ataque no mesmo tom, e ironizou algumas falas do baixinho: “Ele só pensa nele próprio. Ele não gosta de falar que ganhou a Copa do Mundo sozinho em 1994? Ninguém faz nada sozinho, tanto no futebol como na política, e o Romário não deve saber disso” – respondeu.

Tópicos


Mais notícias