Jogadores

Enquanto sofre com críticas, Fagner revela o seu maior sonho no Corinthians

Por Jorge Dias

Enquanto sofre com críticas, Fagner revela o seu maior sonho no Corinthians

Fagner revela o que ainda quer conquistar com o Corinthians

Síguenos enSíguenos en Google News

Com grandes expectativas, a bola rolou para o ano de 2024 do Corinthians, pela primeira rodada do Campeonato Paulista. O Timão contou com a estreia de três reforços, sendo Hugo, Félix Torres e Raniele. Mas, quem decidiram foram velhos conhecidos. Com assistência de Fagner e gol de bicicleta de Romero, o Corinthians venceu o Guarani pelo placar de 1x0 contra o Guarani. O treinador Mano Menezes aprovou a vitória e projetou melhoras para as próximas rodadas.

A próxima partida do Corinthians será na quarta-feira (24) contra o Ituano, às 19h, no Estádio Novelli Júnior. Para o confronto, o anseio fica para ver se os outros reforços como Diego Palacios, Rodrigo Garro e Gustavo Henrique ficarão á disposição. O Timão quer anunciar a sua sétima contratação que é o lateral-direito Matheuzinho. No entanto, alguns detalhes ainda estão sendo discutidos com o Flamengo.

Matheuzinho vai chegar no Corinthians para disputar a posição com o ídolo Fagner. O jogador tem o respeito da torcida, mas foi muito criticado em 2023 por causa do ano ruim do clube paulista. Para a nova temporada, ele espera dar a volta por cima e comentou com o GE sobre a concorrência com Matheuzinho: “Matheuzinho é um grande jogador, é evidente. Independente de quem vai jogar, o importante é o Corinthians estar bem. A disputa vai ser sadia, eu nunca tive problema com isso aí. O importante é o Corinthians estar vencendo.

Fagner acaba de completar 10 anos que voltou para o Corinthians. O lateral-direito tem 12 gols e conquistou 5 títulos. Contudo, Fagner ainda tem um desejo especial para realizar defendendo as cores do Timão. E isso, envolve o seu filho Henrique que joga no sub-15 do Corinthians.

Fagner e o desejo com o filho no Corinthians

Um dos sonhos de Fagner é poder atuar com o seu filho Henrique com a camisa do Corinthians. Logo, Fagner aposta em se cuidar bem fisicamente: “Ele está seguindo o caminho dele, já está na base, andando com as próprias perninhas. Espero que ele consiga o objetivo dele, ele é bastante determinado, tem colocado na cabeça o que quer. Como pai, eu tenho que apoiar e torcer. Se um dia a gente estiver junto em campo, treinando profissionalmente, seria o maior orgulho da minha vida.”

“Tem que ter perna para isso. Futebol hoje em dia é muito físico, mas existe uma parte por trás que te dá estrutura, o Corinthians te oferece tudo. É tentar me cuidar ao máximo”, completou Fagner.


Mais notícias