Jogadores > Corinthians

Veja quantos milhões de reais que Andrés Sanchez fez o Timão perder com jogadores encostados

Criação de equipe paralela do Corinthians foi alvo de críticas dos torcedores  

Todo o dinheiro que o Timão perdeu com a base.
Todo o dinheiro que o Timão perdeu com a base.

Após muitos anos de mandato, chegou ao fim a presidência do Timão sob o comando de Andrés Sanchez entre 2007 e 2011 e 2018 e 2020. E o agora ex-presidente é considerado por muitos torcedores e pela imprensa no geral como o melhor e o pior mandatário do Timão ao longo de toda a sua história, já que o polêmico empresário jamais teve medo de falar o que pensava e de tomar atitudes que muitos ao seu redor consideravam erradas, mas que ao final deram certo, ou renderam prejuízos enormes ao clube, como um caso que o próprio Andrés Sanchez considerou ter merecido o impeachment.

E o motivo é controverso, a criação do time sub-23 do Corinthians, principalmente na contratação do jogador Franzinho, de 27 anos, para a equipe de juniores, algo fora do comum e do bom senso que poderia render altas penas para o ex-mandatário. A origem da categoria é exaltada por Andrés, mas a forma como conduziu não foi a mais adequada. Os gastos chegaram a R$ 5 milhões mensais com uma equipe que não tem jogadores para subir ao profissional ou servirem para serem moedas de troca, pelo contrário, disputam campeonatos pouco relevantes e ainda o Timão sub-23 foi eliminado na segunda fase do Brasileirão de Aspirantes e ficou na sétima colocação.

Agora o Alvinegro será comandado por Duílio Monteiro Alves a partir de janeiro de 2021, mas por ser da mesma chapa e ter ideias preservadas com relação a Andrés Sanchez a manutenção do sub-23 deve acontecer para desespero dos torcedores e dos dirigentes que são contra esse tipo de "investimento", mas pode sofrer mudanças estruturais no elenco de base para dar chances aos garotos e também gastar menos dinheiro com a categoria nada rentável ao clube, que pode utilizar o dinheiro para colocar na equipe profissional.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias