Jogadores > Copa do Brasil

São Paulo prepara milhões de reais para Luciano

Saída de artilheiro pode abrir espaço para a maior revelação da nova década  

São Paulo quer lançar o novo Lucas Moura.
São Paulo quer lançar o novo Lucas Moura.

A temporada de 2020 para o São Paulo é de altos e baixos. De eliminado pelo Mirassol nas quartas de final do Campeonato Paulista para líder do Campeonato Brasileiro e semifinalista da Copa do Brasil menos de cinco meses depois. E as melhorias do elenco comandado por Fernando Diniz passam por quase todos os setores do campo, principalmente no ataque com o encontro da dupla ideal, Brenner e Luciano, que juntos balançaram as redes 35 vezes na temporada. Luciano chegou recentemente após passagem apagada no Grêmio, já Brenner voltou ao Tricolor após empréstimo ao Fluminense e teve grande destaque em 2020 com marcas expressivas para o atleta que já revelou ter pensado em desistir do futebol anos atrás. E com o bom futebol e a fase artilheira, o interesse europeu surge forte para tirar o jovem jogador do Tricolor e o São Paulo começa a analisar as propostas.

Times tradicionais do Velho Continente já demonstraram interesse como o Arsenal, Juventus, Paris Saint-Germain e Ajax, o último um verdadeiro comprador fiel ao São Paulo após levar David Neres e Antony nas últimas temporadas procuras milionárias e que já rendem no melhor futebol do mundo. Diante de todo esse assédio e da multa de £ 50 milhões (cerca de R$ 320,4 milhões na cotação atual), o Tricolor já vê que perder seu melhor jogador é questão de tempo e precisa recorrer a base mais uma vez para não sair de mãos abanando nessa situação. E por ser uma das maiores reveladoras de craques, 2021 pode marcar o melhor ano para Antonio Galeano, atacante paraguaio de 20 anos, emprestado pelo Rubio Ñú, do Paraguai, que chama a atenção de Fernando Diniz. O São Paulo já desembolsou R$ 400 mil pela sua permanência em 2020, mas tem poucos dias para decidir se fica ou não no Brasil e se transforma no novo Lucas Moura, atacante que brilhou no clube entre 2010 e 2012.

Para ficar com o novo xodó será preciso pagar US$ 600 mil (cerca de R$ 3,1 milhões na cotação atual) e transformá-lo em uma nova mina de ouro do São Paulo e não ficar tão refém da ausência de Brenner, que já pode desfilar seu futebol e marcar seus gols em solo europeu já no início da nova década de 2021 a 2030. Resta agora descobrir se Galeano vai ser a mais nova revelação e maior promessa da base no elenco profissional que vive sob pressão o tempo todo, principalmente por ser, entre as principais equipes paulistas, a que tem o maior jejum de títulos, desde dezembro de 2012 com a Copa Sul-Americana.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias