Jogadores

Santos: quem são os 5 melhores jogadores após a Era Pelé

Conheça os jogadores que mais se destacaram no Peixe após a passagem do maior de todos os tempos

Esses são os melhores jogadores do Santos pós-Pelé. Foto: Vogue - Globo
Esses são os melhores jogadores do Santos pós-Pelé. Foto: Vogue - Globo

Gylmar; Lima, Mauro, Calvet e Dalmo; Zito e Dorval; Mengálvio, Pepe, Pelé e Coutinho. Qual torcedor do Santos e muitos fãs do futebol, que não conhece essa escalação ou a maioria dos nomes presentes nela? Nesses titulares se encontra a escalação de um dos melhores, se não o melhor time da história do futebol brasileiro que comandou no Brasil e no mundo, sob a estrela de Pelé e tantos craques.

Mas após o maior jogador da história desfilar seu talento pelo Santos, o que aconteceu entre 1956 e 1974, quem foram os cinco melhores jogadores da história do clube? A lista é concorrida, mas os nomes já estão definidos, e quem abre o grupo é Elano, que teve três passagens pela Vila Belmiro e participação direta nos maiores títulos do século XXI como a Copa Libertadores da América 2011 e os Campeonatos Brasileiros de 2002 e 2004. Em seguida aparece Giovanni, meia que não conquistou títulos em seu auge em 1995 e 1996, mas voltou ao clube dez anos depois para ser campeão paulista.

Na terceira colocação está Léo, ex-lateral esquerdo que ganhou o maior número de títulos pelo clube após Pelé e que defendeu o clube entre 2000 e 2005, e 2009 e 2014, e participou ativamente das maiores conquistas no período. Na segunda colocação está o camisa 10 da Seleção Brasileira atual, Neymar, que entre 2009 e 2013 apareceu para o mundo com as cores do Peixe e se mostrou um grande craque do futebol e ainda é o maior artilheiro do clube após a Era Pelé com 138 gols.

Um primeiro colocado polêmico

Na primeira colocação dos maiores jogadores após Pelé está Robinho, atacante que teve três passagens pelo Peixe, sendo a principal entre 2002 e 2005, quando foi revelado e conquistou o bicampeonato brasileiro. Em 2020 acertou seu retorno, mas um escândalo de abuso sexual o fez nem estrear pelo Santos.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias