Jogadores

Por este motivo Alejandro Guerra é rejeitado no Palmeiras há muito temp

Venezuelano foi eleito o terceiro melhor jogador do continente em 2016

Por isso Guerra é rejeitado no Verdão.
Por isso Guerra é rejeitado no Verdão.

O dia 2 de dezembro de 2018 marcou a última partida de Alejandro Guerra pelo Palmeiras. Emprestado no ano seguinte ao Bahia, o meia retornou ao clube em 2020 e sequer foi relacionado para alguma partida. Mas a dúvida que fica é por que o terceiro melhor atleta da América do Sul em 2016 e contratado a peso de ouro pelo Verdão – £ 2,9 milhões (cerca de R$ 9,9 milhões na cotação da época) – tornou-se descartável no clube.

E o próprio meia venezuelano já demonstrou seu descontentamento em treinar separado do elenco em algumas postagens nas redes sociais como seguir trabalhando e continuar a acreditar em oportunidades futuras. Mas Anderson Barros, diretor de futebol do clube, quebrou o silêncio e revelou o motivo do Palmeiras deixar Guerra fora dos jogos.

Perto do final de seu contrato, o jogador não está nos planos da equipe e Barros confirmou em entrevista para um site que, neste período, não se pode mais voltar atrás com a decisão tomada de descartar o jogador há quase dois anos.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias