Jogadores

Mercado da bola: 5 brasileiros que estão em fim de contrato na Europa e podem voltar ao Brasil; dois já jogaram Copa do Mundo

Fim de temporada deixa craques brasileiros com chances de retorno

Fim de temporada deixa craques brasileiros com chances de retorno. Foto: Yahoo Esportes
Fim de temporada deixa craques brasileiros com chances de retorno. Foto: Yahoo Esportes

O Brasil se caracteriza no futebol como celeiro de craques do futebol e também exportador de atletas para o futebol do exterior, principalmente para a Europa, continente que abriga diversos brasileiros entre os principais clubes do mundo, com destaque para Neymar, Casemiro, Marquinhos, Alisson e Fabinho que estão em grandes clubes como Paris Saint-Germain, Real Madrid e Liverpool.

Mas em muitos casos, principalmente na reta final de temporada no futebol europeu, que vai até o fim de maio, diversos atletas estão em fim de contrato e podem sair de graça e até reforçar os times brasileiros que estão atentos ao mercado da bola. Dentre os cinco principais brasileiros que estão em fim de contrato está Juan Jesus, zagueiro da Roma que perdeu espaço no clube e aos 29 anos pode regressar ao país.

Fernandinho, do Manchester City, também é um nome que deve deixar o clube inglês e aos 35 anos tem o sonho de retornar ao Athletico-PR. E entre os defensores aparece a dupla titular do Brasil na campanha da Copa do Mundo de 2014 em que ficou na quarta colocação, Thiago Silva, 36 anos, e David Luiz, 34, de Chelsea e Arsenal respectivamente e que estão em fim de contrato. Thiago Silva já declarou querer jogar pelo Fluminense, já David Luiz pode balançar pelo coração corintiano, isso sem contar Emerson Royal que pode sair do Real Bétis nesta temporada.

E ainda tem jogadores sem contrato

Atualmente três grandes nomes brasileiros estão disponíveis no mercado e podem jogar no Brasil ainda em 2021. Alex Teixeira, 31 anos, ainda não jogou neste ano, Tiquinho Soares, 30, está há dois meses sem clube e Ramires, 34, ex-Palmeiras, não tem emprego desde novembro do ano passado.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias