Jogadores

Comparado a Neymar, ele não deu certo e agora procura novo clube

Por Romario Paz

Comparado a Neymar, ele não deu certo e agora procura novo clube

Jogador chegou com esperança, mas foi demitido por justa causa após se envolver em esquema de manipulação

Síguenos enSíguenos en Google News

Ele chegou ao Athletico-PR no ano passado e se tornou um dos principais jogadores do clube sob o comando de Luiz Felipe Scolari. Porém, por conta de um escândalo envolvendo manipulação de resultados, foi demitido por justa causa. O volante Bryan García, ao lado do lateral-esquerdo Pedrinho, foram despedidos do clube paranaense por estarem envolvidos com a quadrilha investigada pelo MP de Goiás.

A Operação Penalidade Máxima tem buscado prender membros da quadrilha responsável por envolvimento no esquema de manipulação de resultados. Vários jogadores já foram afastados ou demitidos de seus clubes, enquanto alguns chegaram a se tornar réus na força-tarefa, podendo até pegar de 1 a 3 anos de prisão por envolvimento no esquema.

Mais notícias do Futebol Brasileiro:

É inacreditável o que disse Joana Sanz ao ser perguntada sobre julgamento de Daniel Alves

Crise no Corinthians? Róger Guedes faz revelação sobre Yuri Alberto

Revelado pelo Ciudadelas del Norte, García passou também pelo extinto Alianza Cotopaxi, conhecido agora como Independiente Juniors, uma espécie de “time B” do Independiente del Valle, da mesma forma que a Red Bull fez com o Bragantino e com o RB Brasil no estado de São Paulo, por exemplo. Pelo IDV, jogou 42 partidas e marcou 2 gols, chamando a atenção do Athletico.

Demissão

Foram 11 jogos e o título paranaense de 2022. García teve o seu nome ligado à planilha dos apostadores que foram presos, e o clube rubro-negro optou pela rescisão do seu contrato por justa causa, assim como Pedrinho. Agora, o equatoriano procura um clube para jogar na temporada de 2023.

Tópicos


Mais notícias