Jogadores

Acabou a paz! Palmeirenses vão às redes sociais pedir a saída de Marcos Rocha por esse motivo e Verdão estuda lucro milionário

Lateral direito não tem a mesma simpatia com a torcida da mesma forma que chegou

Palmeiras chegou ao limite por Marcos Rocha.
Palmeiras chegou ao limite por Marcos Rocha.

Palmeiras teve a sequência de sete jogos de invencibilidade interrompida na noite deste sábado (19). A derrota para o Internacional por 2 a 0, no Beira-Rio, gols de Edenílson e Yuri Alberto, em partida válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Dessa forma o sinal de alerta foi ligado para que os erros da última partida não se repitam na decisão que o clube vai ter ainda em dezembro contra o América-MG nas semifinais da Copa do Brasil 2020 nos dias 23 e 30 deste mês.

Mas o que mais chamou a atenção dos torcedores palmeirenses foi a declaração polêmica de Abel Ferreira e a atuação apática de Marcos Rocha. O treinador português, que conheceu sua segunda derrota em 14 jogos, disse que no elenco do Palmeiras é muito pequeno e reduzido para o tamanho das competições que disputa. A crítica vai diretamente para a diretoria palmeirense que mandou embora Ramires, uma das peças favoritas do treinador apesar das polêmicas acumuladas na reta final de sua passagem.

Na questão de Marcos Rocha, há tempos que o atleta não agrada aos torcedores com sua postura defensiva e já não colocam a mesma confiança de quando o lateral direito chegou ao clube em 2018 após passagem com grande destaque pelo Atlético-MG. E caso o Palestra Itália resolva vender o jogador de 32 anos que tem contrato até o fim de 2022, pode receber até £ 2 milhões (cerca de R$ 12,5 milhões na cotação atual) por seu valor de mercado, e ganhar mais de R$ 4 milhões com relação ao valor pago em 2019 pela sua compra em definitivo.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias