Copas Internacionais

'Libertadores dos Brasileiros'; Equipes do Brasil atingem recorde no torneio

Quartas de finais reservam o 100º encontro entre equipes brasileiras

Copa Libertadores
Copa Libertadores

Nesta parte das quartas de finais, os clubes brasileiros celebram o centésimo encontro entre equipes do país no torneio continental. Enquanto o Palmeiras é quem tem melhor saldo de classificações, o Flamengo ostenta maior diferença de placar agregado. Últimos finalistas encaram Atlético-MG e Corinthians.

Em números absolutos foram 34 oitavas de finais, 42 em quartas, 16 em semifinal e seis em decisões, incluindo as últimas duas vencidas pelo Palmeiras. As duas últimas edições alavancaram o Palmeiras no posto de clube brasileiro com o melhor saldo de classificações, com a conquista de 2020 contra o Santos no Rio de Janeiro e no ano seguinte contra o Flamengo em Montevidéu.

Mais notícias do Futebol brasileiro

A mega estrela que chegaria ao Santos graças ao dinheiro que Christian Cueva e Pachuca devem pagar ao Peixe

A sorte que Bryan Angulo teve, quando fez as malas com Fabian Bustos, o motivo de ter ficado em Santos

Em uma curiosidade sobre os brasileiros que se enfrentaram, o Atlético Mineiro é o clube que mais sofreu com a regra do gol fora de casa, abolida nessa temporada, Foram duas eliminações por conta dele: a primeira nas quartas de final de 2016, diante do São Paulo, e a última na semifinal da edição passada, para o Palmeiras no Mineirão.

Flamengo e Corinthians dividem um histórico duelo em 2010, mais caloroso para os rubro-negros, quando a equipe liderada por Adriano Imperador eliminou os paulistas de Ronaldo Fenêmeno em pleno Pacaembu. O duelo marcou pela primeira vez o encontro das duas maiores torcidas em jogos internacionais.

A paixão dos brasileiros pela Libertadores nem sempre foi assim

Custou para os brasileiros levarem a sério a Copa Libertadores, até meados dos anos 1990, o torneio continental que já era prioridade para argentinos e uruguaios e outros sul-americanos era tratado como o menos importante da temporada brasileira, que visavam muito mais o Brasileirão e os estaduais. Após o bicampeonato do São Paulo de Telê Santana, 1992 e 1993, o torneio ganhou outra dimensão no país.

Jorge Dias

Jornalista formado pela Universidade P. Mackenzie em 2013, mas atuo desde 2008 com textos esportivos. Já trabalhei no Diário Lance! como diagramador e jornalista, de 2010 a 2016. Escrevi para Surto Olímpico, Bola Parada, Torcedores.com e Punteiro Izquierdo.+ info

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias