Brasileirão

O que os ultras do PSG fizeram quando souberam que Vinícius seria jogador do Paris

Por Romario Paz

O que os ultras do PSG fizeram quando souberam que Vinícius seria jogador do Paris

Brasileiro pode deixar o Real Madrid por sofrer ataques racistas repetidamente

Síguenos enSíguenos en Google News

O Paris Saint-Germain terá uma baita reformulação visando a temporada 2023-2024, a começar com as saídas de Neymar e Lionel Messi. O argentino não vai renovar o contrato que vence em junho, e deve retornar ao Barcelona, enquanto o brasileiro negocia uma transferência para o Manchester United. O clube inglês, inclusive, já conversa com os franceses.

O técnico Christophe Galtier também não fica no clube, e os franceses ainda esperam por uma proposta do Real Madrid por Kylian Mbappé, mesmo considerando o camisa 10 da seleção da França um jogador “inegociável”. No entanto, uma oportunidade de mercado pode surgir: Vinicius Junior. O brasileiro está insatisfeito na Espanha por ser alvo de repetidos insultos racistas.

Mais notícias do Futebol Brasileiro:

Ele era a esperança do Grêmio, mas se lesionou contra o Cruzeiro pela terceira vez no ano

Humilhou o Grêmio pelo Cruzeiro e o que falou na entrevista deixou gremistas revoltados

No último domingo, contra o Valencia, pelo Campeonato Espanhol, o jogador foi expulso por revidar a agressão de um jogador adversário, além de ter sido ofendido de forma racista por boa parte dos torcedores no Mestalla. A RFEF anulou o seu cartão vermelho, puniu o Valencia com o fechamento do setor sul do estádio, além de uma multa financeira.

Surpresos

O jogador do Real Madrid considera, sim, deixar a Espanha por conta dos atos racistas que tem ocorrido repetidamente contra ele nos últimos tempos. Os “Ultras” do PSG, que protestaram contra Neymar e Messi recentemente, receberam com surpresa a notícia do interesse do clube em Vinicius. O ex-jogador do Flamengo fez um post nas redes sociais, dando a entender que pode deixar o Santiago Bernabéu.

Tópicos


Mais notícias