Brasileirão

Não aguentam mais, o duro golpe da CBF para Abel Ferreira no Palmeiras

Por Romario Paz

Não aguentam mais, o duro golpe da CBF para Abel Ferreira no Palmeiras

Técnico tem criado polêmicas fora dos gramados e vira alvo do STJD

Síguenos enSíguenos en Google News

O Palmeiras vem sendo o grande “papa-títulos” do futebol brasileiro nos últimos anos. De 2020 pra cá, foram dois da Libertadores da América, três do Campeonato Paulista, uma Copa do Brasil, uma Recopa Sul-Americana, um Campeonato Brasileiro e a Supercopa do Brasil no início deste ano. Abel Ferreira coloca seu nome em páginas douradas na história do clube.

Porém, nos últimos tempos, o português tem aparecido mais pelas polêmicas do que por outro motivo. No último domingo (28), o Verdão empatou com o Atlético-MG fora de casa, pelo Brasileirão. No fim do jogo, Abel foi discutir com o árbitro da partida, Ronei Cândido Alves, que anulou um golaço do atacante Rony, que estava em posição legal.

Mais notícias do Palmeiras:

A fortuna que o Real Madrid paga ao Palmeiras cada vez que Endrick marca um gol

Após a péssima atitude de Abel Ferreira, a decisão final que o Palmeiras tomou

Enquanto o repórter Pedro Spinelli, da Rede Globo, filmava a discussão entre Ronei e o diretor de futebol do clube, Anderson Barros, o técnico tomou o seu celular e ambos discutiram. O caso ainda não chegou até o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), mas o português deve ser denunciado no artigo 258 do código de conduta da justiça desportiva.

Gancho pesado

Com isso, Abel pode pegar um gancho de até seis jogos de suspensão, desfalcando o Verdão em jogos da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro. Na Libertadores, pelo menos, o português poderia comandar o time normalmente. Nesta quarta-feira (31), o alviverde vai até o Ceará para encarar o Fortaleza, pelas oitavas de final da CDB. Como venceu o jogo de ida por 3 a 0 em São Paulo, o Palmeiras pode perder por até dois gols.


Mais notícias