Brasileirão

Jogou no Corinthians, ensinou CR7 em Portugal e ganha a vida como motorista executivo

Por Romario Paz

Jogou no Corinthians, ensinou CR7 em Portugal e ganha a vida como motorista executivo

Jogador chegou até a Seleção Brasileira e já defendeu o Real Madrid

Síguenos enSíguenos en Google News

No fim dos anos 1990, o Corinthians conquistou dois títulos consecutivos do Campeonato Brasileiro, além de um do Campeonato Paulista em 1999. Em 1998, o time era treinado por Vanderlei Luxemburgo, que curiosamente é o atual treinador do Timão. No ano seguinte, foi Oswaldo de Oliveira quem conduziu o alvinegro a dois títulos, o estadual e o nacional.

O sexteto mágico que era formado por Freddy Rincón, Vampeta, Marcelinho Carioca, Ricardinho, Edílson e Luizão conquistou tanto o Paulistão quanto o Brasileirão naquele ano. E no início de 2000, o Mundial de Clubes da FIFA, o primeiro organizado pela entidade e conquistado pelo Timão. E César Prates era um dos jogadores que conquistou duas taças em 1999 pelo alvinegro.

Mais notícias do Futebol Brasileiro:

Humilhou o Grêmio pelo Cruzeiro e o que falou na entrevista deixou gremistas revoltados

Enquanto no Corinthians ganhava milhões, o salário de Sornoza no Del Valle

O lateral-direito passou por outros clubes como Botafogo, Portuguesa, Real Madrid, entre outros, além do Sporting Lisboa. Por lá, ele viu o surgimento de ninguém menos que Cristiano Ronaldo. Nos primeiros passos da carreira do português, ele teve auxílio do jogador brasileiro. Segundo Prates, foi ele quem ensinou CR7 a bater faltas durante sua passagem em Portugal.

Depois das chuteiras

Com passagens pelo futebol da Turquia e também da Itália, Prates encerrou a carreira em 2010 pelo Náutico, fazendo 21 jogos e não marcando gols. Revelado pelo Internacional, ele se tornou pastor evangélico, mas também tem outra ocupação fora dos gramados: motorista executivo no estado de Santa Catarina, onde reside atualmente.


Mais notícias