Brasileirão

Clube árabe que oferece € 1200 milhões para juntar Neymar e Messi, surpreende

Por Romario Paz

Clube árabe que oferece € 1200 milhões para juntar Neymar e Messi, surpreende

Na Arábia Saudita, há uma equipe interessada em juntar o brasileiro e o argentino

Síguenos enSíguenos en Google News

O mercado de transferências internacional começa a pagar fogo antes mesmo da abertura da janela de transferências da Europa, e isso envolve uma dupla da pesada e que está em baixa: Neymar e Lionel Messi. Enquanto o brasileiro negocia com times da Premier League, o argentino pode retornar ao Barcelona, clube que o revelou para o mundo.

Porém, há um clube poderoso financeiramente querendo juntar os dois outra vez: o Al-Hilal, da Arábia Saudita. O algoz do Flamengo no Mundial de Clubes da FIFA tem muito interesse em contar com Leo para rivalizar com o Al-Nassr, de Cristiano Ronaldo, que chega a ganhar quase R$ 1 bilhão por ano.

Mais notícias do Futebol Brasileiro:

Nem pintado: o campeão mundial pelo Timão que a torcida quer ver fora do clube

A atitude de Dorival Júnior que fez o São Paulo vencer bem o Sport, torcida ansiosa

Um dos clubes mais poderosos do planeta, os atuais vice-campeões do mundo são ambiciosos e contam com o experiente Ramón Diaz como treinador, após um começo de ano arrasador superando o rubro-negro nas semifinais do Mundial de Clubes, no Marrocos, e perdendo a decisão para o poderoso Real Madrid, de Vinicius JuniorRodrygoBenzema e do técnico Carlo Ancelotti.

Com tudo

Ciente das dificuldades que vai encontrar para trazer a dupla, o Hilal pode desembolsar quase R$ 1 bilhão para reunir Neymar e Messi novamente, para bater de frente com seu arquirrival que tem ninguém menos que CR7 no elenco. Os sauditas já tentam convencer o craque argentino desde o vice-campeonato do Mundial, colocando até camisas com seu nome à venda na sua loja oficial, para "alfinetar" o rival.

Tópicos


Mais notícias