Série B

Mais uma dívida; Ex-treinador do Cruzeiro aciona clube na Justiça; saiba mais

Clube e o treinador terão audiência na Justiça do Trabalho no fim do mês

Cruzeiro
Cruzeiro

Um dos responsáveis pela trágica campanha de rebaixamento do Cruzeiro para a segunda divisão em 2019, Abel Braga acionou a Justiça cobrando do Cruzeiro cerca de R$ 827.393,67. O clube e o treinador se encontrarão no final de junho para resolverem a questão através de um acordo e evitar os meios litigiosos. 

Mais notícias do Futebol brasileiro:

Está chegando ao fim; ídolo do Flamengo confirma saída em 2022

Segundo a alegação do treinador, o vínculo com o clube foi quebrado e ambos acertaram um acordo sobre o valor da multa rescisória, que não foi cumprida pelo Cruzeiro. De acordo com fontes próximas do treinador, o profissional está confiante em um desfecho positivo e na construção de um acordo para que o débito seja pago de maneira parcelada.

O treinador afirmou que seu salário no clube girava em torno de 360 mil reais, e que após a rescisão do contrato, ele não recebeu a multa indenizatória que teria direito. Em julho de 2020, Abel e o Cruzeiro fizeram um novo acordo, havendo repactuação em 29 de agosto do ano passado.

O Cruzeiro se comprometeu a pagar R$ 726.050 em 17 prestações:

5 parcelas de R$ 3.288,62, vencendo a primeira no dia 25/08/2021; 11 parcelas mensais de R$ 56.270,76, a partir de 25 de janeiro de 2022; 1 parcela no valor de R$26.308,54, com vencimento em 25/12/2022. Entretanto, Abel Braga afirma que recebeu somente duas parcelas de R$ 3.288,62. As demais, de acordo com o treinador, não foram pagas.

Mais notícias da Série B:

SAF do Vasco está correndo contra o tempo, planejamento para 2022 pode ser comprometido; saiba mais

Jorge Dias

Jornalista formado pela Universidade P. Mackenzie em 2013, mas atuo desde 2008 com textos esportivos. Já trabalhei no Diário Lance! como diagramador e jornalista, de 2010 a 2016. Escrevi para Surto Olímpico, Bola Parada, Torcedores.com e Punteiro Izquierdo.+ info

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias