Série B

Aporte da SAF já acabou; Vasco entra em desespero por falta de dinheiro; saiba mais

Clube corre contra o tempo para aprovação da SAF

Nenê
Nenê

O Conselho Fiscal do Vasco da Gama informou ao clube que o todo o dinheiro dado como aporte inicial pela 777 Partners acabou. Foram cerca de 70 milhões de reais investidos no clube para o pagamento de débitos atrasados com jogadores e funcionários do clube, além de outros objetivos destinados pela diretoria.

Mais notícias do Futebol brasileiro:

Abel Ferreira continua a se inspirar em Marcelo Gallardo até para buscar reforços

Cerca de 30 milhões de reais foram utilizados exclusivamente para amortização de empréstimos, acordos e parcelamentos do clube e informou que é urgente a "necessidade de geração de caixa a curto prazo" para que as finanças do Vasco não fiquem vulneráveis diante da situação e da demora na aprovação da SAF.

O documento sugere que o presidente do Conselho leve as informações ao conhecimento da Diretoria do clube. A construção da SAF está em seu acabamento final, mas para sua implementação, o acordo precisa ser aprovado pelo Conselho Deliberativo do Vasco. A Comissão Especial do Conselho Deliberativo responsável por sua análise terá ate 25 dias para dar seu parecer.

A expectativa dos investidores da 777 Partners é que o acordo esteja finalizado até meados de Julho e a implementação seja feita de forma imediata, sem atrapalhar as negociações da janela de transferências internacionais. O grupo de investidores está temeroso, pois seu acordo de exclusividade e o prazo pra entrega do documento termina na terça-feira.

Empréstimo foi usado para pagar salários

Quando a 777 Partners investiu 70 milhões de reais no Vasco, o dinheiro foi direcionado prioritariamente para o pagamento dos ordenados atrasados de jogadores e funcionários. Alguns profissionais do clube estavam a meses sem receber. Segundo números do Conselho Fiscal, quase R$ 25 milhões foram destinados para quitar esses encargos salariais.

Mais notícias do Futebol brasileiro:

Diretoria do Flamengo acusa Atlético Mineiro de 'maus tratos'; entenda o caso

Jorge Dias

Jornalista formado pela Universidade P. Mackenzie em 2013, mas atuo desde 2008 com textos esportivos. Já trabalhei no Diário Lance! como diagramador e jornalista, de 2010 a 2016. Escrevi para Surto Olímpico, Bola Parada, Torcedores.com e Punteiro Izquierdo.+ info

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias