Série A > Saopaulo

Qual a solução encontrada por Hernán Crespo no São Paulo para estancar desfalques?

Técnico se viu sem muitos jogadores titulares em moemntos importantes da temporada e recorreu à ajuda caseira

Hernán Crespo aposta na base do São Paulo para superar desfalques
Hernán Crespo aposta na base do São Paulo para superar desfalques

O São Paulo vive um período conturbado com seu departamento médico. As lesões de peças fundamentais na equipe se tornaram frequentes e nomes como Miranda, Luciano, Martín Benítez e Eder são figuras constantes no Reffis são-paulino e, ultimamente ganhou outros jogadores como Daniel Alves, Rigoni, Bruno Alves e outros. Com tantas baixas, o técnico Hernán Crespo precisou se desdobrar para encontrar soluções. 

E foi na base de Cotia que o treinador encontrou as reposições para os problemas na equipe titular. Já utilizados no Campeonato Paulista, os jogadores ganharam mais espaço na equipe titular com os jogadores afastados por lesão em pleno Campeonato Brasileiro e Copa Libertadores.

Foto: reprodução - Atletas da base tentam dar conta do recado no São Paulo de Hernán Crespo

Nomes como Luan, Liziero e Gabriel Sara são peças constantes na equipe titular do São Paulo e vez ou outra Rodrigo Nestor, Igor Gomes, Weligton e Diego Costa também aparecem na escalação principal. Enquanto Talles Costa e Galeano também já aparecem mais vezes durante as partidas. 

O último a ganhar respaldo com Hernán Crespo foi o meia Marquinhos que comprovou em campo ajudando na construção do gol da vitória contra o Bahia, no último sábado (10). O jovem, inclusive entrou no decorrer do duelo contra o Racing, na última terça e ajudou o São Paulo a ganhar mais presença no campo argentino. 

Aliás, nessa partida em questão, uma oitava de final de Copa Libertadores, contou com seis atletas oriundos de Cotia na escalação inicial: Diego Costa, Luan, Liziero, Rodrigo Nestor, Weligton e Igor Gomes. E outros três entraram com o decorrer da partida – Gabriel Sara, Talles e Marquinhos. Crespo acredita fielmente que essa é uma das melhores maneiras de driblar os desfalques no São Paulo.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias