Série A > Palmeiras

Palmeiras deve faturar bolada com a venda de Miguel Borja

Junior Barranquilla pagará o valor exigido pelo Palmeiras em contrato para continuar com Borja.

Miguel Borja não retornará ao Palmeiras.
Miguel Borja não retornará ao Palmeiras.

O Palmeiras não terá o retorno do atacante Miguel Borja de 28 anos. O Junior Barranquilla, clube em que camisa 9 está atuando por empréstimo, irá efetuar o pagamento da opção de compra prevista no contrato que mandou o centroavante para o clube colombiano.

O contrato de empréstimo de Borja vai até o fim de junho, mas prevê uma cláusula de opção de compra de 50% dos direitos econômicos do atleta por 4,5 milhões de dólares ou cerca de R$ 22,5 milhões. Segundo informações do Nosso Palestra, os colombianos irão pagar esse valor ao Palmeiras e continuar com o centroavante.

Miguel Borja chegou ao Palmeiras pelo valor de 10,5 milhões de dólares ou R$ 34 milhões por 70% dos direitos econômicos e posteriormente adquiriu os 30% restantes por mais 3 milhões de dólares. Com a provável venda ao Barranquilla, o verdão irá recuperar parte do dinheiro investido e continuará com 50% dos direitos econômicos do atleta pensando em uma venda futura.

Veja todas as passagens de Borja por clubes profissionais.

A maior contratação da história do Palmeiras em termos financeiros, representou a equipe entre 2017 e 2019 e apesar de ganhar 1 Campeonato Brasileiro e ser artilheira da Libertadores em 2018, nunca agradou a exigente torcida alviverde. O excesso de gols perdidos e a aparente apatia do jogador pesavam nas vozes dos torcedores.

Na temporada atual, Borja é um dos destaques na América do Sul com 15 gols marcados em 25 jogos pelo Junior Barranquilla sendo, inclusive, convocado para a disputa da Copa América pela seleção da Colombia.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias