Série A > Saopaulo

O motivo que inspirou os torcedores do São Paulo a chamar Hernanes de Profeta

O jogador teve contrato rescindido com o São Paulo  

Clube e jogador encerram vínculo nesta manhã (17)
Clube e jogador encerram vínculo nesta manhã (17)

A história entre São Paulo e Hernanes chegou ao fim na manhã deste sábado (17), quando o clube anunciou a rescisão de contrato com o atleta de 35 anos. O Profeta, como é carinhosamente chamado, inclusive escreveu uma carta aos torcedores são-paulinos falando da despedida, em vídeo publicado pelo clube nesta manhã. Mas qual o motivo de Hernanes ser chamado de profeta pelos torcedores são-paulinos? 

Tudo começou em 2007, quando o São Paulo foi ao antigo Palestra Itália enfrentar o Palmeiras, na 22ª rodada do Brasileirão daquele ano. Hernanes acreditava mais do que qualquer um que o São Paulo seria campeão brasileiro naquela temporada e no dia do jogo contra o arquirrival, Hernanes foi questionado sobre sua fé no título, pelo então auxiliar técnico Milton Cruz. 

“Você ainda tem dúvida?” respondeu Hernanes. Então, com gol de Jorge Wagner, o São Paulo venceu aquele jogo e arrancou para o título, o pentacampeonato brasileiro. O jogador adotou a alcunha e, durante suas entrevistas, o vocabulário mais coloquial chamou atenção, além do hábito de saber escrever com pé e sempre buscar realizar exercícios que trabalhassem áreas distintas do cérebro, como usar a perna “não boa” para bater na bola.

Foto: Reprodução - Jogador é bicampeão brasileiro pelo São Paulo e campeão paulista

O programa “Globo Esporte”, da TV Globo, ajudou a ampliar e fazer pegar o apelido entre a torcida são-paulina – sempre que o meia dava alguma declaração, soltavam uma vinheta com o título de “O Profeta”. 

Porém, a consolidação do apelido veio quando Hernanes voltou ao São Paulo em 2017. O time passava por uma fase ruim no Brasileiro daquela temporada e Hernanes chegou ao clube, após passagem pelo futebol italiano e chinês, prometendo que a equipe lutaria para sair daquela situação e, com o Profeta em campo, o São Paulo ganhou nove jogos, empatou sete e perdeu seis, tendo-o como destaque da reabilitação que livrou o clube do rebaixamento. Só na estreia, o jogador foi fundamental na virada histórica sobre o Botafogo, no Nilton Santos, por 4x3. 

Mesmo tendo disputado poucas partidas com o São Paulo na temporada 2021, o jogador ajudou a tirar o clube de uma fila de quase 9 anos sem títulos, ao vencer o Campeonato Paulista 2021, somando assim aos dois brasileirões que o jogador conquistou em 2007 e 2008.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias