Série A > Serie A

Jean Mota revela chateação em não ter sido negociado pelo Santos e faz dura comparação entre as diretorias

Jogador ganhou titularidade na equipe com Fernando Diniz

Jogador ganhou titularidade com Fernando Diniz
Jogador ganhou titularidade com Fernando Diniz

O meia Jean Mota contou que esteve próximo de sair do Santos no início da temporada, quando recebeu uma proposta do Alanyaspor, da Turquia. O jogador revelou que a proposta era boa para ele, mas não para o clube. 

“Era uma proposta boa para mim, mas para o clube não era interessante. Mas como falei, conversamos. Aqui o presidente está sempre em diálogo. É outra gestão, são outras pessoas, são verdadeiros, estão sempre ali dando informações, entendendo seu lado, lado do clube. Isso facilita muito”, afirmou o jogador. 

Foto: Jogador reclamou da antiga gestão santista

Jean Mota falou isso porque, durante a entrevista, ele relembrou um episódio que o chateou bastante com a antiga diretoria do Santos, quando chegavam proposta por ele no clube e ele nem sabia. "Desde 2017 surgem propostas para mim, algumas eu sabia, outras eu ficava sabendo só depois, outras nem chegavam para mim, e isso me deixava triste”, revelou Jean Mota.  

O jogador lembrou também um episódio de 2019, quando ele falou publicamente do assunto e gerou mal-estar com os mandatários. “Depois de um clássico eu fui infeliz em dar uma entrevista falando que não sabia se a diretoria contava comigo, mais por conta disso, de chegar proposta e o presidente não conversar comigo, não saber qual a intenção, meus planos, e simplesmente deixar, não aceitar, e não falar nada para mim", declarou o camisa 41. 

Agora, Jean Mota é um dos titulares da equipe sob comando de Fernando Diniz e deve entrar em campo amanhã (18), quando a equipe enfrenta o Red Bull Bragantino, no Nabi Abi Chedid, às 20h30.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias