Salário e Preço

Copa do Mundo 2022; Os 5 técnicos com maior salário na competição; confira na lista abaixo

Tite está na 3ª posição

Tite ao serviço da seleção brasileira
Tite ao serviço da seleção brasileira

A Copa do Mundo de 2022 está quase a começar! Com data marcada para novembro, esta será a 22ª edição do maior torneio de futebol mundial, organizado pela FIFA, que irá ocorrer no Catar. Os torcedores já estão no aguardo, com algumas seleções a aparecerem como favoritas, dentre elas o Brasil. Mas sabe quais os técnicos com maior salário da cometição? Confira tudo em baixo.

Mais notícias sobre Copa do Mundo 2022:

Cinco grandes craques que não estarão presentes na Copa do Mundo 2022

5 - Louis van Gaal (Países Baixos)

No comando técnico dos Países Baixos pela 3ª vez desde 2021, Louis van Gaal é o 5º técnico que recebe maior salário na Copa do Mundo, com cerca de 15,7 milhões de reais anuais. O treinador holandês já tinha dirigido a seleção entre 2001 e 2002, bem como entre 2012 e 2014, indo agora para sua 3ª Copa do Mundo.

4 - Gareth Southgate (Inglaterra)

Comandando a seleção principal de Inglaterra desde 2016, Gareth Southgate é o 4º colocado da lista, com um salário anual de 18,3 milhões de reais. Apesar de muito criticado por vários torcedores, este será sua 2ª Copa do Mundo, depois de ter sido eliminado nas semifinais da Rússia, em 2018.

3 - Tite (Brasil)

Tite aparece em na lista dos mais bem pagos na Copa do Mundo, com 20,4 milhões de reais ganhos por ano. Comandando o Brasil desde 2016, o técnico de 60 anos conduziu a seleção canarinha à conquista da Copa América de 2019, bem como à final da competição na edição seguinte, tendo perdido para a Argentina. Com um elenco bem montado e estruturado, Tite transformou a seleção brasileira numa das principais candidatas à conquista da Copa do Mundo de 2022.

2 - Didier Deschamps (França)

Com trabalho na seleção francesa desde 2012, Didier Deschamps é o 2º técnico mais bem pago da competição, recebendo cerca de 23 milhões de reais por ano. Com uma década de trabalho, o treinador de 53 anos transformou a França numa das seleções mais temíveis do mundo, chegando mesmo a conquistar a Copa do Mundo de 2018 e a UEFA Nations League em 2021.

1 - Hans-Dieter Flick (Alemanha)

Hans Flick comanda a lista de técnicos mais bem pagos da competição, com um salário anual de 34 milhões de reais. Depois de um trabalho fabuloso ao serviço do Bayern de Munique, onde venceu todas as competições possíveis, Flick integrou a seleção alemã em 2021 , substituindo Joachim Low. O treinador de 57 anos prepara para sua primeira Copa do Mundo, chegando até aqui com um exelente registro de 8 vitórias e 1 empate em 9 jogos, com 34 gols marcados e apenas 3 sofridos.

Mais notícias sobre Copa do Mundo 2022:

Cinco grandes seleções que não estarão presentes na Copa do Mundo 202

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias