Eliminatorias Catar 2022 > Copas Internacionais

Vergonha: o jogador da seleção colombiana que tirou a sequência de vitórias do Brasil nas eliminatórias

 O time tricolor deve vencer o Equador para justificar os pontos conquistados contra o Canarinha e os Charrúas

Brasil segue na liderança das eliminatórias
Brasil segue na liderança das eliminatórias

No estádio metropolitano Roberto Meléndez (Barranquilla), a seleção colombiana empatou com o Brasil na terceira jornada das Eliminatórias Sul-americanas do Catar 2022, inicialmente agendadas para março deste ano, mas adiadas devido à dificuldade dos jogadores que atuam na Europa para chegar ao continente.

Foram os comandados por Tite, com um esquema 4-3-3, que geraram a primeira opção de golo claro, quando o cronómetro marcou o 4º minuto, mas David Ospina, com uma defesa espectacular na trave próxima, disse “não”.

Aos 12 minutos, após assistência de Neymar, que ficou com a bola após um erro na saída da Colômbia, Lucas Paquetá esteve perto de abrir o placar, mas a bola passou perto do poste da mão direita de Ospina.

A partir dos 22 minutos, a posse de bola, que inicialmente foi para o Brasil, caiu para o time tricolor, embora imprecisões no meio da quadra tenham impedido o aprofundamento. Wilmar Barrios mereceu um reconhecimento especial na primeira meia hora de jogo, que com hierarquia antecipou e cortou o jogo rival.

Aos 33 minutos, novamente, o Brasil teve que comemorar o primeiro gol, mas Fred, em vez de chutar direto para o gol de Ospina, mandou a bola para o alto. A primeira parte do compromisso deixava a Reinaldo Rueda a tarefa de buscar alternativas para gerar jogos de azar, já que as convocatórias para fazê-lo, como a de Juan Fernando Quintero, não atendiam.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias