Qatar 2022

Ex-Vasco, zagueiro Jadson é expulso por agressão na China

Por Romario Paz

Ex-Vasco, zagueiro Jadson é expulso por agressão na China

Jogadores da primeira divisão brasileira são investigados pela Operação Penalidade Máxima

Síguenos enSíguenos en Google News

Embora a maioria dos jogadores de futebol brasileiros tendam a deixar uma boa imagem de seu país no resto do mundo, sempre pode haver exceções, como em todos os lugares. Jadson Morais, por exemplo, deixou muito a desejar com um comportamento condenável na Superliga Chinesa, onde joga desde 2021 após deixar o Vasco.

O zagueiro do Shandong Taishan recebeu o cartão vermelho durante o empate de 3 a 3 de seu time contra o Tianjin, depois de socar o atacante rival Robert Beric no rosto nos acréscimos. Em seguida, recebeu uma dura sanção da liga, além de uma multa cara. O jogador passou sete anos no futebol português, antes de acertar a ida para a China.

Mais notícias do Futebol Brasileiro:

O jogador de luxo, e destaque na Copa do Mundo, que será reforço do Internacional

Nem pintado: o campeão mundial pelo Timão que a torcida quer ver fora do clube

Segundo a agência Xinhua, Beric teve que ser levado ao hospital com o nariz quebrado em consequência do soco que levou. Como esperado, essa mudança custou caro a Morais. Ele não apenas foi suspenso por cinco jogos, mas também enfrentará uma multa financeira pesada. Ele está no futebol chinês há dois anos, e esse é o primeiro episódio “mais grave” que enfrenta desde que desembarcou no país.

Cria do Mecão

Revelado pelo América-RJ, Jadson passou também pelo Bonsucesso-RJ e pelo Portimonense, de Portugal, onde ficou de 2015 até o ano passado. Nesse meio tempo, foi emprestado ao Vasco da Gama, onde fez apenas cinco jogos e não deixou saudades, além de defender o Wuhan Three Towns e o Shandong Taishan, antigo Shandong Luneng.

Tópicos


Mais notícias