Qatar 2022

Enquanto Messi recebe R$ 200 milhões, o salário que Daniel Alves ganha na cadeia

Por Jorge Dias

Enquanto Messi recebe R$ 200 milhões, o salário que Daniel Alves ganha na cadeia

Ex-jogador brasileiro continua recebendo um ótimo salário do São Paulo

Síguenos enSíguenos en Google News

O caso de Daniel Alves segue sendo manchetes nos principais jornais da Espanha. Na última semana, a imprensa espanhola divulgou uma entrevista com ex-companheiro de prisão do brasileiro. Segundo ele, Alves está ‘mais magro e abatido’ e mal sai da sua cela. “Ele não sai. Ele só sai para o centro esportivo quando joga contra outro módulo. Se não, ele fica lá no módulo ou senta lá na enfermaria, onde a TV está ligada, para ver TV”, disse.

O ex-presidiário ainda comentou que Daniel Alves é xingado por outros detentos quando vai ao refeitório. “Tem gente mal-educada no refeitório, onde todo mundo está comendo, e batem no vidro [gritando]: 'Seu viado! Estu…", comentou.

Mais notícias do Futebol Brasileiro: 

O ex-jogador do Palmeiras que está internado em ala psiquiátrica de hospital

Arboleda, do São Paulo, tem carro de luxo de edição limitada, é impressionante

A Justiça da Espanha negou novo pedido de liberdade provisória de Daniel Alves. A promotoria do caso entendeu que ainda existe grandes chances de fuga do país. Com isso, o brasileiro deve seguir preso até o fim das investigações policiais.

Apesar da dura realidade atrás das grades, Daniel Alves continua recebendo um ótimo salário do São Paulo. O clube brasileiro deve cerca de R$ 20 milhões ao ex-jogador devido a rescisão do seu contrato. Dessa forma, o Tricolor faz pagamentos mensais de R$ 400 mil ao ex-jogador. 

Joana Sanz defendeu Daniel Alves

Algumas pessoas ainda acreditam na inocência de Daniel Alves, uma delas é sua ex-esposa, Joana Sanz. Após ser perguntada se iria comentar sobre o crime, a modelo disse que não irá julgar o brasileiro. "Onde fica a presunção de inocência? Porque, até agora, o único julgamento que existe é o julgamento paralelo que fizeram. Não serei mais uma a condená-lo", disse Sanz em seu Instagram


Mais notícias