Qatar 2022

Enquanto Messi ganha R$ 120 mi da Adidas, a fortuna que Vinícius Júnior recebia da Nike

Por Jorge Dias

Enquanto Messi ganha R$ 120 mi da Adidas, a fortuna que Vinícius Júnior recebia da Nike

Vini JR não renovou o seu contrato com a Nike após 11 anos

Síguenos enSíguenos en Google News

Vinícius Júnior é um dos maiores jogadores do futebol mundial. Nesta temporada, o atacante disputou 53 jogos, marcou 23 gols e deu 21 assistências. Apesar do ótimo desempenho, Vini JR não foi capaz de levar o Real Madrid a final da Champions Leagues. Os merengues foram derrotador por 4 a 0 pelo Manchester City na semifinal e deram adeus a maior competição da Europa. 

O ótimo desempenho em campo faz de Vínicius Júnior um dos jogadores mais valiosos do mundo, o brasileiro tem um valor estimado de 120 milhões de euros. Além disso, Vini tem um dos maiores salário do Real Madrid e recebe cerca de R$ 50 milhões por temporada. 

Mais notícias do Futebol Brasileiro: 

A Porsche de Gabigol deixa para trás até mesmo o Volvo de Pedro, do Flamengo

O jogador de luxo, e destaque na Copa do Mundo, que será reforço do Internacional

Além do ótimo salário, Vinícius Júnior tinha um ótimo patrocínio da Nike. O jogador era patrocinado desde quanto tinha onze anos pela marca, mas rompeu o seu contrato em 2022, pois se sentir desvalorizado. De acordo com o site Torcedores.com, Vini JR recebia cerca de R$ 40 milhões por ano em patrocínios individuais, e grande parte vinha da Nike. 

Após romper com a Nike, Vinícius Júnior passou a usar chuteiras sem nenhum patrocinador, e ainda estuda propostas de Adidas e Puma. O jogador não tem presssa para fechar um novo acordo, e espera ter um vínculo onde seja valorizado como uma estrela mundial. 

Neymar tem o maior patrocínio do futebol mundial

O dono do maior patrocínio do futebol mundial é Neymar. O craque brasileiro recebe 26 milhões de euros por ano da Puma. Logo atrás vem Haaland, que fechou recentemente com a Nike por 23 milhões de euros. Em terceiro lugar vem Lionel Messi, que ganha 20 milhões por ano da Adidas. 

 


Mais notícias