Qatar 2022

Carlo Ancelotti afirma que irá parmanecer no Real Madrid até julho de 2024

Por Jorge Dias

Carlo Ancelotti afirma que irá parmanecer no Real Madrid até julho de 2024

Treinador italiano segue no comando técnico do time merengue

Síguenos enSíguenos en Google News

Neste sábado, Carlo Ancelotti concedeu entrevista coletiva e foi questionado sobre assumir a Seleção Brasileira. O treinador do Real Madrid decidiu recusar o convite e claro disse que permanecerá connosco até ao final do seu contrato, que termina em julho de 2024. “Conheci imediatamente Florentino Pérez e ele continua a apoiar-me e a confiar em mim. Continuaremos juntos. O clube me garantiu que vou continuar. “O mundo inteiro sabe que tenho um contrato aqui e quero continuar”, disse ele. 

Vale destacar que a CBF já havia deixado público que Ancelotti era o favorito para comandar a Seleção Brasileira. “Não que ele tenha qualquer tipo de proposta, mas acompanhamos e verificamos também se ele tinha algum tipo de vontade. Eu o tenho como plano A. Estou falando pela primeira vez de uma forma bem aberta e não adianta ficar escondendo essa preferência”, disse Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF.

Mais notícias do Futebol Brasileiro: 

Enquanto Haaland ganha 21 milhões, o salário de Neymar no Manchester City

Enquanto Vinicius ganha R$ 54 milhões, o salário que Firmino teria no Barcelona

Não foi a primeira vez que Carlo Ancelotti declarou querer continuar no Real Madrid. Apesar disso, a CBF ainda tinha esperanças de que o treinador aceitasse o convite para comandar a Seleção. Com a recusa, outros nomes voltam a cotados, entre eles, Jorge Jesus, Abel Ferreira, Fernando Diniz e Luis Henrique.

Muricy Ramalho já recusou a Seleção Brasileira

Carlo Ancelotti não é o primeiro treinador a recusar a Seleção Brasileira. Em 2010, Muricy Ramalho era o principal treinador do Brasil, e comandava o Fluminense. Após a Copa do Mundo, a CBF demitiu Dunga e foi em busca de Muricy, porém ele recusou o convite e permaneceu no clube carioca. 


Mais notícias