Qatar 2022

Após sofrer racismo, Vinicius Jr se manifesta em rede social

Por Romario Paz

Após sofrer racismo, Vinicius Jr se manifesta em rede social

Atacante brasileiro fez postagem nas redes sociais e deu a entender que pode deixar o Real Madrid

Síguenos enSíguenos en Google News

Vinicius Junior se revoltou de vez contra os atos racistas que vem recebendo desde que chegou ao Real Madrid. Defendido por sua torcida e por seus compatriotas, o atacante brasileiro fez uma postagem nas redes sociais, indicando que o episódio ocorrido no Mestalla no último domingo (21) foi a gota d’água para ele.

Por meio das redes sociais, o ex-jogador do Flamengo fez uma postagem indicando que não vai mais tolerar esses acontecimentos, que vem se repetindo a toda vez que o time da capital espanhola joga fora de casa. Na derrota para o Valencia, boa parte da torcida o xingou de “macaco”, causando sua revolta contra a parte que o xingava atrás de um dos gols.

Mais notícias do Futebol Brasileiro:

Ele era a esperança do Grêmio, mas se lesionou contra o Cruzeiro pela terceira vez no ano

Enquanto no Corinthians ganhava milhões, o salário de Sornoza no Del Valle

Pra piorar, o brasileiro ainda foi expulso por se defender de uma agressão do goleiro Mamardashvili, do time adversário. O iraniano deu um “mata-leão” no atacante, que respondeu com um soco. O VAR, no entanto, expulsou apenas Vinicius, que saiu de campo provocando a torcida valenciana com o número 2, em alusão ao possível rebaixamento dos “morcegos”. Na mesma publicação, o ex-flamenguista deu a entender que pode deixar o time madridista se algo não for feito. Técnico do Barcelona, campeão espanhol, o ex-jogador Xavi Hernández apoia incondicionalmente a Vinicius, e disse que as partidas tem que ser interrompidas e até finalizadas nestes casos.

As retaliações

Desde 2021, o atacante da Seleção Brasileira tem sofrido com ofensas de cunho racista nos estádios espanhóis. O jogador se reuniu com o presidente Florentino Pérez, que lhe garantiu que o Real está do seu lado e vai até as últimas instâncias para protege-lo. O presidente da Federação Espanhola, Luis Rubiales, também manifestou apoio a Vini Jr. O Valencia, por sua vez, anunciou o banimento eterno dos torcedores que proferiram insultos.

Tópicos


Mais notícias