Jogadores

'Paulistão'; Tribunal de SP suspende atletas do Andradina por manipulação de resultados; entenda

Punição preventiva é para averiguar “indícios veementes” do caso

Placar eletrônico
Placar eletrônico

Uma decisão proferida na terça-feira, o presidente do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) de São Paulo, Antonio de Olim, decidiu suspender o Andradina e quatro atletas do clube dos jogos pela quarta divisão do Campeonato Paulista por suspeita de manipulação de resultados. A Justiça Desportiva instaurou um inquérito para investigar o caso, que também está nas mãos da Polícia Civil.

Mais notícias do Futebol brasileiro:

Flamengo perde peça-chave de última hora contra o Tolima pela Libertadores

Segundo o despacho, os atletas Erivan Mitonho de Silva Filho, Alexandre da Silva Nabor, José Eduardo Oliveira Gomes da Silva e Jonathan Suzart de Jesus Marinho foram suspensos. O documento justifica a ação por ter “indícios veementes de autoria e materialidade” dos acusados e portanto, defende a suspensão dos envolvidos.

O Andradina terminou a primeira fase do grupo 1 em último lugar, sendo goleado por 8x0 pela Penapolense. A decisão do tribunal é baseada em um relatório apresentado por empresa especializada em monitoramento de padrão de apostas esportivas, contratada pela Federação Paulista de Futebol e que alerto a entidade sobre o padrão de jogos do Andradina.

Perguntado sobre a investigação, o presidente do Andradina negou as acusações, “Vou ser sincero, estou vendo um certo exagero. No outro dia do que aconteceu em Catanduva (derrota por 7 a 1), teve um jogo que foi 8 a 1 (União Mogi x Atlético Mogi). O jogo estava 2 a 0 e o juiz deu um pênalti para nós, mas não expulsou o goleiro que derrubou nosso atacante”, afirmou Nei Giron ao Globo Esporte.

‘Prefiro acreditar que é ruindade mesmo’

Perguntando também sobre os lances bizarros protagonizados por jogadores do Andradina e que, segundo relatório, influenciavam a bolsa de apostas, o presidente Nei Giron declarou, “Me perguntaram também por que um jogador tentou fazer um golaço de calcanhar, mas contra. Prefiro acreditar que é ruindade mesmo, um desânimo. Não sei”.

Mais notícias do Futebol brasileiro:

O erro de Antonio Mohamed que pode custar a Libertadores para o Atlético-MG

Jorge Dias

Jornalista formado pela Universidade P. Mackenzie em 2013, mas atuo desde 2008 com textos esportivos. Já trabalhei no Diário Lance! como diagramador e jornalista, de 2010 a 2016. Escrevi para Surto Olímpico, Bola Parada, Torcedores.com e Punteiro Izquierdo.+ info

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias